Cineclube 30/09/2019 22h17 Atualizado às 16h00

Amigos do Cinema exibe 'Uma Mulher Fantástica' nesta terça

Filme chileno ganhou o Oscar de Melhor Filme Estrangeiro em 2018

Oscar de Melhor Filme Estrangeiro em 2018, representando o Chile, Uma Mulher Fantástica, de Sebastián Lelio, é o cartaz desta terça-feira, 1º, da Associação dos Amigos do Cinema de Santa Cruz do Sul. Será exibido a partir das 20 horas, na sede do Sindicato dos Bancários (Sindibancários, na Rua Sete de Setembro, 489), com entrada franca. Desde a sua estreia, em 2017, o filme tem atraído bom público para os cinemas.

O longa conta a história de Marina (Daniela Vega), uma garçonete transexual que passa boa parte dos dias buscando seu sustento. Ela tem o sonho de se tornar uma cantora de sucesso e, para isso, canta durante a noite em diversos clubes de sua cidade. O problema é que, depois da inesperada morte de Orlando (Francisco Reyes), namorado e maior companheiro, sua vida dá uma guinada total.

Na época do lançamento, Sebastián Lelio afirmou que o grande desafio foi fazer seu filme com uma trans. “Daniela (Vega) é conhecida no Chile como cantora lírica. Embora seja também atriz, parecia arriscado fazer dela a protagonista absoluta de um filme que depende muito do papel, e de quem o interpreta. De qualquer maneira, não creio que teria sido viável fazer o filme de outra forma, com uma mulher ou mesmo um homem travestido. Seria um anacronismo estético, quem sabe uma aberração.”

Fazer Uma Mulher Fantástica teve também, para Lelio, o sentido de uma (re)educação. “Abordar o universo das trans exigiu, de minha parte, todo um processo de adequação. Trabalhei durante mais de um ano com Daniela porque, se era importante que ela se preparasse como atriz, também era importante que eu me despisse de todo preconceito para entrar nesse universo com total comprometimento.”