Cinema 30/01/2020 10h38 Atualizado às 12h03

Indicado ao Oscar, 1917 entra em cartaz em Santa Cruz

Filme foi uma grande surpresa da premiação do Globo de Ouro, quando venceu como melhor drama

O filme de guerra 1917 foi a grande surpresa na premiação do Globo de Ouro este ano, quando venceu na categoria de melhor drama – desbancando títulos com maior favoritismo, como Coringa e O Irlandês – e ainda melhor diretor, para Sam Mendes. Pouco depois, tornou-se um dos nove indicados na categoria principal do Oscar, com entrega marcada para 9 de fevereiro. Agora o público santa-cruzense poderá conferir os méritos do longa, que estreia nesta quinta-feira no Cine Max Shopping Germânia, em apenas um horário, às 21 horas, e legendado (Confira a programação dos cinemas na página Passatempo).

Para o Oscar, 1917 foi indicado às estatuetas de Filme, Direção, Roteiro Original, Fotografia, Efeitos Visuais, Maquiagem, Desenho de Produção, Mixagem de Som, Edição de Som e Trilha Original. O longa chama atenção sobretudo pela forma como usa a técnica dos planos-sequência: dá a impressão de ter sido filmado em uma só tomada, sem cortes. Tal recurso faz o público mergulhar, da forma mais realista possível, no ambiente da Primeira Guerra Mundial.

A história é simples e eficiente. Dois soldados britânicos, Schofield (George MacKay) e Blake (Dean-Charles Chapman), têm a missão de cruzar as linhas inimigas e entregar uma mensagem que pode impedir o massacre de milhares de soldados. O espectador acompanha cada passo de sua jornada.
O britânico Sam Mendes já dirigiu Beleza Americana, vencedor do Oscar em 2000, e de sucessos como Estrada para Perdição, com Tom Hanks, e 007 – Operação Skyfall.

As outras estreias da semana são Bad Boys para Sempre, terceiro filme da série policial com Will Smith e Martin Lawrence; e o terror Os Órfãos. No primeiro, Marcus (Lawrence) agora é um inspetor e Mike (Smith) enfrenta uma crise de meia-idade. A dupla tem de se juntar novamente quando um mercenário albanês, cujo irmão foi capturado por eles, promete vingança justamente quando eles estão prestes a se aposentar.

Já em Os Órfãos, Kate (Mackenzie Davis) é uma jovem professora contratada para trabalhar como governanta na mansão de um homem rico. Nessa casa, localizada nos arredores de Londres, vivem também Flora e Miles, sobrinhos órfãos de seu patrão. No entanto, ela logo percebe que existem outros moradores no local, não necessariamente vivos.