Sentimentos expostos 17/03/2020 08h26

Escritora de Santa Cruz fala sobre ansiedade em livro de poesias

'O monstro que habita em mim' já pode ser adquirido na loja virtual da Cartola Editora ou com a autora

Uma moradora de Santa Cruz do Sul está lançando seu primeiro livro. A escritora Priscila Fortes Morais, de 27 anos, é a autora de O monstro que habita em mim (Cartola Editora). Natural de Santa Maria, residiu por muitos anos em Cachoeira do Sul e agora vive em Santa Cruz. É formada em Administração e atualmente trabalha como temporária em empresa da área de tabaco. Priscila escreve nos momentos de folga.

A escrita surgiu ainda na adolescência, quando gostava muito de produzir as redações para o colégio. “Eu sempre fui muito tímida e, então, quando me aproximava dos 18 anos, muitas coisas aconteceram na minha vida. Eu precisava colocar para fora o que sentia e achei na escrita essa possibilidade”, conta. A autora começou a participar de concursos literários em 2018, como uma forma de realizar o sonho de ter seu trabalho publicado.

Priscila participou com dois contos da antologia Contatos imediatos, da Cartola Editora, de São Paulo, e este foi apenas o início. De lá para cá, integrou seis antologias de contos: Minha carne é de Carnaval, Juízo final, Possessão, Um libreto, Cem sonetos e Contos de fadas sombrios, além de ser convidada para uma edição exclusiva de contos baseados nas músicas do cantor Cartola.

Para a publicação de seu livro solo, ela buscou um financiamento coletivo, modelo em que os leitores pagam de forma antecipada pelos exemplares, para ajudar o autor a bancar os custos de edição e de impressão. “Foi um desafio, porque essa modalidade aos poucos está sendo conhecida, e muitas pessoas não entenderam bem como funcionava ou ficavam desconfiadas”, comenta. “Mas foi uma experiência muito boa, por saber que muitos conhecidos e amigos ajudaram e se empenharam na divulgação.”

A escritora ainda não prevê um evento de lançamento, mas o livro já pode ser adquirido na loja virtual da Cartola Editora (www.cartolaeditora.com.br), na Amazon, ou diretamente com Priscila, pelo WhatsApp no telefone (51) 9 9906 6648. Por enquanto, a autora vai continuar trabalhando no próximo livro, que está em andamento; e adianta que o projeto será sobre amor. Ela também segue participando de concursos literários e publicando contos. Mais informações sobre a autora e os livros podem ser obtidas pelo Instagram, na conta @priscilamoraisescritora.

Monstro que virou livro
O monstro que habita em mim é um projeto muito pessoal para a autora. “O livro nasceu de uma necessidade de entender todos os sentimentos que a ansiedade provocava em mim. Nele, eu coloquei muitos sentimentos que percebi que outras pessoas ao meu redor tinham e não sabiam como expressar. Até hoje nem eu sei direito, mas busquei passar para as pessoas ansiosas como eu que elas não estão sozinhas, que outras pessoas sentem o mesmo e estão procurando entender o que acontece”, explica.

O livro de 54 páginas foi escrito em forma de poesia, para se tornar uma leitura mais rápida e prática. Priscila conta que levou cerca de um mês para escrever todo o material. A respeito dos temas abordados em seu primeiro livro, ela justifica que hoje em dia saúde mental é sinônimo de qualidade de vida. “Vemos doenças como depressão e ansiedade atacando cada vez mais a população e sabemos que fazer terapia ainda é ‘coisa de louco’ para muitas pessoas.” A autora acredita que é necessário tratar o tema cada vez mais para quebrar paradigmas e como uma forma de prevenir as doenças emocionais.

Ficha

O Monstro que Habita em Mim, de Priscila Fortes Morais. Editora: Cartola. 54 páginas. Poesia.