Dica de leitura 23/06/2020 19h35

Ler faz muito bem: o destino para além da Terra

Uma obra que vislumbra o rápido e algo incontornável esgotamento dos recursos naturais do planeta

Em tempos de quarentena, a Gazeta do Sul indica um livro por dia, propondo uma leitura instrutiva e aprazível, para viajar pelo mundo sem sair de casa.

Dica de hoje:

O FUTURO DA HUMANIDADE: MARTE, VIAGENS INTERESTELARES, IMORTALIDADE E O NOSSO DESTINO PARA ALÉM DA TERRA, de Michio Kaku. Tradução de Jaime Biaggio. São Paulo: Crítica, 2019. 368 p. R$ 52,00.

LEIA MAIS: Ler faz muito bem: a linguagem do povo moçambicano

Um dos principais estudiosos contemporâneos de física, teoria quântica e divulgação científica, o norte-americano Michio Kaku, 73 anos, compartilha olhar acurado e realista sobre as perspectivas para o futuro da humanidade. E esse futuro está associado ao que a maioria das pessoas já pode vislumbrar: o rápido e algo incontornável esgotamento dos recursos naturais na Terra.

LEIA MAIS: Ler faz muito bem: a ousadia do fundador da Ford Motor Company

Países e organizações não estão gastando fortunas por acaso para tentar descobrir ou colonizar outros planetas. Fazem isso porque há sinal claro de que certos recursos, indispensáveis ao ritmo de vida atual, só poderão ser obtidos no “exterior”, porque no planeta chegaram ao esgotamento.

LEIA MAIS:
Ler faz muito bem: o relato da magia da capital da França
Ler faz muito bem: uma das obras-primas do século 20