Dica de leitura 24/06/2020 20h26 Atualizado às 20h55

Ler faz muito bem: o universo dos clubes de leitura

Este romance, que constituiu a estreia de Mary Ann como escritora, aborda a história de Juliet Ashton, autora em busca de tema para seu próximo livro

Em tempos de quarentena, a Gazeta do Sul indica um livro por dia, propondo uma leitura instrutiva e aprazível, para viajar pelo mundo sem sair de casa.

Dica de hoje:

A SOCIEDADE LITERÁRIA E A TORTA DE CASCA DE BATATA, de Mary Ann Shaffer e Annie Barrows. Tradução de Léa Viveiros de Castro. Rio de Janeiro, 2009. 303 p. R$ 25,00.

LEIA MAIS: Ler faz muito bem: o destino para além da Terra

Livros que tematizam o prazer da literatura costumam duplicar a fruição ou a apreciação de um enredo. No caso da bibliotecária, livreira e editora norte-americana Mary Ann Shaffer (1934-2008), ela explorou sua vivência em meio a livros e autores, e o fez na companhia de sua sobrinha, Annie Barrows, 58 anos, escritora voltada a público infanto-juvenil.

LEIA MAIS: Ler faz muito bem: a linguagem do povo moçambicano

Este romance, que constituiu a estreia de Mary Ann como escritora, aborda a história de Juliet Ashton, autora em busca de tema para seu próximo livro. A troca de inúmeras cartas (e as revelações que vêm nelas) faz o leitor se sentir atraído para o universo dos clubes de leitura, tão atuais nos dias de hoje.

LEIA MAIS:
Ler faz muito bem: a ousadia do fundador da Ford Motor Company
Ler faz muito bem: o relato da magia da capital da França