Ajude sem sair de casa 02/07/2020 21h22 Atualizado às 20h23

Campanha Ame Juju: escola de samba fará live para arrecadar doações

Realeza da Vila fará a apresentação virtual nesta sexta-feira, 3, a partir das 20 horas, com transmissão no YouTube e no Facebook

A escola de samba Realeza da Vila, de Rio Pardo, fará uma live solidária nesta sexta-feira, 3, a partir das 20 horas. A apresentação vai arrecadar doações para a campanha Ame Juju, ou seja, os recursos arrecadados serão para ajudar a custear o tratamento da Júlia Cardoso Torres, que foi diagnosticada com Atrofia Muscular Espinhal (AME) tipo 1, quando ela tinha entre seis e sete meses de vida.

De acordo com a presidente da Realeza da Vila, Zélia Leal, a escola achou interessante entrar nessa corrente e dar um apoio para ajudar a arrecadar os recursos necessários. A live, que será transmitida pelo canal do YouTube e na página do Facebook da escola, contará com diversos artistas convidados e terá um repertório diversificado de músicas, mas voltadas para o samba e para o Carnaval. “Não podemos deixar de sempre incentivar as pessoas para que gostem desse movimento cultural”, ressaltou.

LEIA TAMBÉM: Semana tem lives para todos os gostos; confira programação

Conforme Zélia, mesmo em tempos de pandemia, as pessoas não devem deixar a diversão de lado, ainda mais se for por uma boa causa. “Já que nós todos estamos no mesmo barco, com as mesmas possibilidades e impossibilidades, é tempo de pensarmos em tudo e fazermos o bem. Principalmente para um bebê de 1 ano e 5 meses. Salvar essa vida que é uma coisa importante”, afirmou.

A reportagem ainda questionou Zélia sobre o futuro do Carnaval em 2021. Ela disse que os rumos para que o evento ocorra são incertos. Mesmo assim, a escola de samba está com tema de enredo projetado e se organizando para que os trabalhos possam ser iniciados. “Temos a esperança de que tudo melhore e que as pessoas se cuidem, para que possamos ter pelo menos uma chance de ter o Carnaval no próximo ano”, concluiu.

O tratamento da Juju

A família de Juju quer buscar um tratamento nos Estados Unidos, que precisa ser feito até os 2 anos de idade – Juju está com 1 ano e 5 meses. O custo é de R$ 9 milhões. A mãe de Júlia, Silviane Bica Cardoso, que é médica, explica que este tratamento nos Estados Unidos age no DNA da criança. Para isso, ela precisa ficar internada por dois meses no exterior. De acordo com Silviane, a doença é rara e há tratamentos novos, mas o entendimento dos especialistas ainda não é profundo.

A família de Juju conquistou na Justiça, nessa terça-feira, 30, os recursos para o tratamento em cerca de 20 dias da doença. Porém, nessa quarta-feira, 1°, a mãe de Juju informou que a União entrou com recurso contrário à decisão judicial. Conforme Silviane, a informação veio por meio do advogado da família.

LEIA MAIS: Família busca ajuda para tratamento de bebê com AME

COMO AJUDAR

Banrisul
Agência 0340
Conta 35.235330.0-5

Banco do Brasil
Agência 0180-5
Conta 112233-9

UniCred
Agência 1161
Conta 134540-0

Caixa
Agência 0500 – OP 013
Conta 152152-7
Conta Poupança Vakinha Online ID 793352

>> Site da campanha AME Juju
>> Vakinha online AME Juju