Esporte 01/08/2017 09h48

Reação

A vitória contra o Oeste trouxe um pouco de segurança ao Internacional e manteve o Guto no cargo

A vitória contra o Oeste trouxe um pouco de segurança ao Internacional e manteve o Guto no cargo. Uma boa atuação do Sasha, um gol do Uendel e uma postura forte foram os destaques no jogo. Os três pontos valeram para entrar na zona de classificação e ficar ali graças a mais uma derrota do Juventude para o América-MG. Os prováveis novos titulares Leandro Damião e Camilo trazem uma esperança em busca de estabilidade de desempenho já no jogo de amanhã contra o Goiás, do Aylon e do Argel Fucks.

O empate

O Grêmio começou o jogo sem o Arthur, mas com Everton e Fernandinho. O Santos, de Levir e Lucas Lima, é um adversário que merece respeito mesmo jogando na Arena. O primeiro tempo foi do Tricolor gaúcho, que criou boas situações, mas parou nas defesas do goleiro Vanderlei. Por ironia do destino, foi o adversário que abriu o placar. Sem se assustar, no finalzinho o Fernandinho, com competência, empatou. Ainda assim, o resultado foi injusto e o Grêmio merecia estar vencendo.

O jogo perdeu um pouco de intensidade no início do segundo tempo. Natural. Desgaste, novas instruções e uma tendência menos agressiva caracterizaram esses momentos. Mesmo assim, o Grêmio foi melhor, mas não conseguiu bons arremates. Um dos problemas foi a ausência do Lucas Barrios, porque o Luan não é um atacante de área e parece não ter se adaptado à função.

Sem muitas opções para atacar, o Renato fez a estreia de Arroyo, que logo se machucou. Parece que os equatorianos não têm muita sorte no Grêmio. O Levir recuou o seu time, e as dificuldades aumentaram. O Santos é uma equipe competente e bem estruturada. Aos poucos, vem crescendo na competição. Se vencesse o jogo na Arena, assumiria a segunda posição na tabela. 

O empate manteve a segunda colocação para o Grêmio, mas poderia ter sido melhor, já que, com o 1 a 1 do Corinthians diante do Flamengo, a distância para o líder diminuiria. Na quarta-feira, o Tricolor vai enfrentar o lanterna Atlético-GO em Goiânia e o Corinthians terá o Atlético-MG em Minas.