Esporte 11/03/2019 00h54 Atualizado às 09h06

Avenida

A vitória em Novo Hamburgo pode deixar viva a possibilidade de classificação e o descarte do rebaixamento

A vitória em Novo Hamburgo nesta segunda-feira pode deixar viva a possibilidade de classificação e o descarte do rebaixamento. Fabiano Daitx tem várias ausências por lesões e cartões amarelos. Esse detalhe pode mudar a atitude costumeiramente defensiva, com as entradas de Alexandre e Tito desde o início. Te liga na Gazeta AM e torce.

Grêmio
Não acredito em tropeços na Libertadores. Todos os jogos são difíceis. Por isso, não acho que o Grêmio tropeçou na Argentina. Jogou mais que o adversário e só não fez os gols que merecia. Já a partida contra o São José mostrou mais uma vez a qualidade do plantel tricolor. O São José não é um time ruim, mas o Grêmio joga muito, independente de quem está em campo. No sábado vimos algumas confirmações, como Pepê e Jean Pyerre, a qualidade de Matheus Henrique, a revelação de Darlan e as excelências de André, Montoya e Diego Tardelli. O Renato não tem problemas para escalar o seu time. Libertad, do Paraguai, é o próximo desafio, amanhã.

Inter
A vitória colorada no Chile deu a confiança necessária para começar a Libertadores. Sem grandes contratações, prepara-se para garantir a sua classificação com três jogos seguidos no Beira-Rio, um deles contra o atual campeão, River Plate. A vitória sobre o Aimoré mostrou de positivo boas atuações de alguns jogadores que esperam a sua vez. D’Alessandro mostrou capacidade de ser titular. Vimos grandes atuações do Nonato, Rafael Sóbis, Sarrafiore e Wellington Silva, assegurando boas opções ao técnico colorado para o futuro. Na quarta, provavelmente, teremos grandes chances de ver  D’Alessandro e Rafael Sóbis começando o jogo.