Esporte 19/05/2019 23h38 Atualizado às 09h49

O Galo vive

A vitória na Serra acende o Santa Cruz na Série B Gaúcha

A vitória na Serra acende o Santa Cruz na Série B Gaúcha. A troca de técnico, com a chegada de Jair Galvão, e algumas modificações significativas deram mais consistência defensiva. As voltas de Fogaça e Guilherme com o acréscimo do Igor Nobre potencializaram o ataque do Galo. Foi do Igor o primeiro gol no rebote da defesa do Nova Prata. O empate veio ainda no primeiro tempo. O nervosismo voltou. Buscar a vitória passou a ser o objetivo total. Ela veio novamente com Igor Nobre, destaque da partida. Com a vitória, a chance de classificação ainda existe, mas é necessário um resultado positivo em Cruz Alta, para depois decidir nos Plátanos contra o Santo Ângelo.

Líder
Com a segunda vitória, o Avenida manteve a liderança do grupo na Série D do Brasileiro. E merece. O jogo contra o Joinville teve momentos alternados. Aproveitando a indecisão do adversário nos instantes iniciais, Canhoto fez o primeiro gol. O Periquito mandou no jogo até os 20 minutos. O tempo fez com que o Joinville começasse a gostar da partida. Até o fim da primeira etapa, houve duas situações que poderiam ter mudado o resultado a favor da equipe catarinense. O Avenida perdeu a posse de bola e teve algumas dificuldades para conter o adversário. Na volta do vestiário, o Periquito melhorou, mas ainda não foi suficiente para controlar o Joinville. A substituição de Marcos Paraná pelo Tito e a mudança no posicionamento do Elias deram poder ofensivo suficiente para as boas conclusões. O oportunismo do Flávio Torres trouxe o segundo gol e a tranquilidade para consagrar a vitória. Poder no ataque e consistência na defesa são coisas que o time do Avenida não teve no Gauchão.