Esporte 18/11/2019 11h57

Na Arena

A estrutura defensiva do adversário, mesmo com um jogador a menos, foi perfeita

O jogo da Arena foi esperado com muita expectativa. De um lado, o Grêmio querendo se manter no G-4, mas também dar uma resposta do torcedor ao desastre que houve no Maracanã. Do outro, um Flamengo conceituado como o melhor time do Brasil e podendo ser o melhor da América na grande final da Libertadores sábado que vem. O Mengão veio com apenas com três titulares: Diego Alves, Gabigol e Arrascaeta. No primeiro tempo, tivemos boas situações dos dois lados, porém um pênalti bastante discutido acabou decretando o placar final do jogo.

Na volta do vestiário, Renato colocou Pepê no lugar do Tardelli, que fez um péssimo jogo. Não satisfeito, o técnico tricolor começou a acumular atacantes chegando a ter cinco no final. Não resolveu. A estrutura defensiva do adversário, mesmo com um jogador a menos, foi perfeita. Apesar de muito esforço, o Grêmio perdeu mais uma para o Flamengo. Mesmo com a derrota, continua no G-4.

Em São Paulo

O Internacional empatou com o Corinthians, mas fez um bom jogo. Jogou melhor do que na vitória contra o Fluminense. No primeiro tempo foi melhor que o adversário, porém não aproveitou as oportunidades criadas. Novamente William Potker foi o destaque colorado. O segundo tempo não foi diferente. Porém, o gol não saiu. Parece que o técnico Zé Ricardo está conseguindo arrumar um pouco o time. A volta de Nonato foi saudada. As alternativas estão aparecendo e o rendimento da equipe, melhorando. Precisa melhorar mais e somar pontos. Hoje o Internacional se mantém na sétima colocação, que lhe deixa dentro da zona de classificação da Libertadores graças ao Athletico-PR, que já está classificado para o torneio continental. Agora, o Inter faz dois jogos em casa contra Fortaleza e Goiás.