Comentário 22/02/2021 10h44

Ainda não

Totalmente imprevisto, um lance deixou a equipe com um jogador a menos no início do segundo tempo

O Internacional fez um primeiro tempo com pinta de campeão. Marcou o Flamengo, fez o gol e colocou uma bola no poste. Não respeitou a fama do adversário. Não dá para dizer que foi melhor porque o erro individual propiciou o gol de empate. Tudo estava muito bem. Totalmente imprevisto, um lance deixou a equipe com um jogador a menos no início do segundo tempo. Um cartão vermelho excessivamente rigoroso tirou Rodinei do jogo. Já estava difícil e piorou. Levou o segundo gol. Ao contrário da lógica, com um jogador a menos e perdendo o jogo, o Colorado reagiu na partida. Mas ficou tudo para a última rodada, quinta-feira, contra o Corinthians, de olho no Morumbi, onde o São Paulo precisa, no mínimo, empate com o Flamengo. Já o Inter precisa vencer o Corinthians.

Para o gasto
O Grêmio jogou apenas para garantir a participação na próxima Copa Libertadores. Está garantido no mínimo na fase prévia. Ainda pode ir para a fase de grupos se vencer a Copa do Brasil ou terminar o Brasileirão em 5º. O adversário também tinha essas intenções. Renato colocou em campo um time cheio de reservas. O Athletico-PR dominou o primeiro tempo. No intervalo, o técnico tricolor trocou e ganhou o jogo.

Preparação
Com pouco mais de um mês para o início da Série B do Gauchão, o Santa Cruz continua contratando e fazendo amistosos. Atitude de quem sabe o que quer. No primeiro amistoso, contra o Aimoré em São Leopoldo, foi bem no primeiro tempo e vazou no segundo. Já nos Plátanos, venceu o Esportivo. Sábado, também nos Plátanos, perdeu para o São Luiz. Os três adversários da Série A1. Amistosos servem para isso: avaliações. Agora é esperar o adversário na Copa do Brasil. Dá-lhe Galo!

LEIA OUTRAS COLUNAS DE J F VIGHI