Memória 14/08/2017 09h46 Atualizado às 09h58

Galo vencedor

Acção” arrecadou dinheiro para a compra da sede própria

Foto: Reprodução

Equipe que jogou em 1926. Adolpho é o último à direita, de pé
Equipe que jogou em 1926. Adolpho é o último à direita, de pé

O leitor Paulo Pilz nos encaminhou algumas imagens do passado, relacionadas ao FC Santa Cruz. A fundação do clube ocorreu em 26 de março de 1913.

Uma foto é do time que jogou contra o Nacional de São Leopoldo, em agosto de 1926. A vitória foi dos santa-cruzenses por 5 x 1. Infelizmente, não consta o nome dos atletas, apenas o de Adolpho Winck (tio de Paulo). Adolpho foi farmacêutico da antiga Pharmacia Peschel, que ficava ao lado da Catedral.

Na época, o Galo era chamado de Foot-Ball Club Santa Cruz (FBCSC). Em 1940, em razão das restrições ao uso da língua alemã, o nome mudou para Futebol Clube S. Cruz.

Outro detalhe da foto é a camiseta branca com gola e uma faixa preta horizontal no peito. Havia ainda a camiseta branca com listras pretas horizontais. Depois, as listras passaram a ser verticais. 

Em 1926, o presidente do FBCSC era Guilherme Hildebrand, tendo Arno Schneider como vice. Edmundo Schütz era o capitão geral dos quadros de adultos e filhotes (juvenis).

Em 1922, foi lançada uma Acção (ação) para a compra do campo onde, até hoje, fica o Estádio dos Plátanos. Em 1913, os jogos já ocorriam nesta área, que era emprestada pelo proprietário Ernesto Iserhard.

As negociações para a aquisição foram conduzidas por Adolfo Caspary e Edmundo Jaeger. Sensibilizado, Iserhard fez um preço acessível. Já em 1923, o Santa Cruz inaugurou sua praça esportiva (Fussballplatz). 

O presidente do clube era o dentista Pedro Augusto Simões Pires. Na época, todos os atletas pagavam mensalidade para jogar.