Pé na Estrada 03/01/2020 09h31 Atualizado às 09h43

O que 2020 reserva para nós

Chegamos a 2020, um ano que promete muito em termos de agito nas pistas, e não será diferente para Santa Cruz do Sul

Olá, amigos da velocidade! Chegamos a 2020, um ano que promete muito em termos de agito nas pistas, e não será diferente para Santa Cruz do Sul. Se o período da virada e as primeiras semanas do novo ano são de mais calmaria e descanso, nem por isso há descuido quanto ao planejamento. O Pé na Estrada, por exemplo, já tem algumas importantes definições. Na estada em São Paulo, em dezembro, deixamos pré-agendado um bate-papo com ninguém menos do que Wagner Gonzales, o Beegola, que foi assessor do inesquecível Ayrton Senna. A atividade com Beegola será alusiva justamente aos 25 anos da morte do piloto, e marcará ainda os três anos do Pé na Estrada. Já estamos programando uma grande festa, juntamente com todo o clã da Stock Car, convidados, chefes de equipe e imprensa, dentro da parceria firmada com a turma da Time Sport. Será na etapa da Stock Car em Santa Cruz, que, no calendário provisório da categoria, deve ocorrer em 19 de julho, sendo a sexta das corridas do ano. A primeira etapa, a Corrida das Duplas, está prevista para Goiânia em 29 de março, enquanto a segunda, em 12 de abril, será no Velopark, em Nova Santa Rita. 

Foto: DivulgaçãoWagner Gonzales, o Beegola, no centro da foto, participará de bate-papo em Santa Cruz
Wagner Gonzales, o Beegola, no centro da foto, participará de bate-papo em Santa Cruz

Galid Osman mudou de rumo na Stock Car 

Na própria Stock Car, em plena intertemporada, há novidades em curso, e depois de uma temporada histórica, pois a categoria completou 40 anos de existência em 2019. O piloto Galid Osman, da Shell, por exemplo, iria para a R. Mattheis em 2020, mas acabou mudando de rumo e agora vai correr pela Crown Racing. Com isso, a Shell passa a ter dois pilotos na coirmã da Cimed Racing, tendo em vista que Átila Abreu também vai para o time.

Um hermano aqui, Barrichello lá?

A Toyota Gazoo Racing, que começa a marcar presença na Stock Car, também quer aproveitar a sinergia com a Argentina. Confirmou a vinda do hermano Matías Rossi para a categoria brasileira, a bordo de um dos novos Corolla da Full Time, de Mauricio Ferreira. Na verdade, a montadora japonesa tem planos de levar Rubens Barrichello para correr na categoria hermana. Se vai se concretizar, é outra história, mas só a hipótese já deu muito o que falar. A ideia seria fazê-lo competir em toda a temporada por lá, com exceção das provas em que houvesse conflito de datas na agenda nacional. A Toyota cogita trazer até mesmo Fernando Alonso para os tradicionais 200 quilômetros de Buenos Aires, disputados em dupla. Com presença ainda de Nelsinho Piquet, o plano seria formar um supertime, o que pode valer também para a Corrida de Duplas da Stock brasileira.

E a CBA nos planos de Sperafico?

Se há planos e movimentações visando as pistas, também há na organização. O paranaense Milton Sperafico, um dos principais nomes das pistas no Brasil, admitiu que considera candidatar-se à presidência da Confederação Brasileira de Automobilismo (CBA). Experiência e conhecimento não faltariam a Sperafico.

Era isso! Um ótimo 2020 para todos, com muitas realizações.