Pé na Estrada 07/02/2020 10h56

Fórmula 1 repensa etapa da China

A Fórmula 1, por exemplo, pode ter de rever seu calendário de início do ano em função da epidemia

O coronavírus, que deixou o mundo em polvorosa neste início de 2020, em especial a população da China e a região do epicentro, em Wuhan, está causando apreensão em todas as áreas, inclusive no automobilismo. A Fórmula 1, por exemplo, pode ter de rever seu calendário de início do ano em função da epidemia. Tudo porque para 19 de abril está previsto no calendário o Grande Prêmio da China, no Circuito Internacional de Xangai, em Xangai, a quarta etapa das 22 do ano. A F1 espera pela decisão do organizador do GP da China sobre o futuro dessa etapa. Mas o diretor de esporte a motor da F1, Ross Brawn, afirmou que, se o evento não ocorrer agora, a federação buscará uma data para que seja promovido mais adiante em 2020, evitando o cancelamento. Como se trata de um mercado em crescimento, os organizadores querem sim o GP na China, nem que tenham de transferi-lo para o segundo semestre.

Corrida de Duplas anima a Stock Car
Principal categoria do automobilismo brasileiro, a Stock Car vai começar a sua 41a temporada em Goiânia, no dia 29 de março. A novidade é a volta da Corrida de Duplas, que assim abre as atividades. No caso da Stock Light, vai ser a abertura, na mesma data, mas sem corrida de duplas. “O retorno da abertura no formato de Corrida de Duplas dará grande impulso ao campeonato, que já conta com a Corrida do Milhão, marcada para 23 de agosto, em Interlagos. É o maior evento individual do esporte a motor brasileiro”, disse Carlos Col, CEO da Vicar, organizadora da Stock Car. 

Já há algumas duplas confirmadas: é o caso de Galid Osman e Dennis Dirani; de Ricardo Zonta e LaurensVanthoor; e de Gaetano di Mauro e Danilo Dirani. Com isso, a família Dirani está em peso no grid. Ao longo das próximas edições da coluna, iremos referir as demais duplas que forem sendo anunciadas. E tem ainda a Super Final, novamente em Interlagos, no dia 13 de dezembro, com pontuação dobrada. Goiânia também receberá a penúltima etapa do ano. Santa Cruz do Sul vai sediar a sexta etapa, no dia 19 de julho, e a segunda, no dia 12 de abril, será no Velopark, em Nova Santa Rita.

Copa Verão de BMX é neste sábado
Sábado é dia de agito esportivo em Santa Cruz do Sul. A cidade sedia uma interessante competição de bike da pré-temporada rumo ao campeonato gaúcho de bicicross, que começa no dia 1º de março. Trata-se da Copa Verão de BMX, que acontece na pista de bicicross do Parque da Oktoberfest, com a participação de algumas das principais feras das bikes no Estado, além, claro, dos pilotos locais e regionais em destaque. A entrada para o público é franca. Os treinos ocorrem a partir das 15 horas, e a competição valendo inicia-se às 18 horas. Será a oportunidade de obter uma temperatura de como está a pré-temporada dos atletas. Em âmbito local, há vários pilotos vindo da escolinha de Santa Cruz. Um dos objetivos do evento é justamente divulgar o trabalho que é feito em termos de estímulo à garotada na cidade. Há mais de 20 pilotinhos treinando todas as quartas-feiras e aos sábados, dentre os quais, quem sabe, surgirão futuros campeões. Na principal categoria da BMX, a cidade torce pelo desempenho de Diego Lopes.

Haas divulga o seu carro para a temporada
Na Fórmula 1, uma notícia agitou o ambiente de imprensa ontem. A equipe Haas F1 Team saiu na frente e foi a primeira a divulgar a pintura e a imagem digital de seu carro VF-20 para a temporada 2020. O veículo será conduzido pelos pilotos Romain Grosjean e Kevin Magnussen, e mostra as cores originais da equipe norte-americana, em cinza, vermelho e preto. Os testes de pré-temporada no Circuito da Catalunha, em Barcelona, ocorrem de 19 a 21 de fevereiro, e num segundo momento de 26 a 28 de fevereiro. A abertura da temporada será em Melbourne, na Austrália, no dia 15 de março.

A gafe de Alonso
O bicampeão mundial de Fórmula 1 Fernando Alonso, em 2015, berrou pelo rádio do carro que o motor Honda da sua McLaren era um motor de GP2: “Parece um GP2. É vergonhoso. Muito vergonhoso”, teria dito para o engenheiro quando era ultrapassado por Marcus Ericsson, da Sauber. O resultado é que agora a Honda simplesmente o barrou para correr as 500 milhas de Indianápolis, nas quais Alonso tentaria a tríplice coroa, seu grande sonho. Alonso avaliou que talvez tenha errado em chamar a unidade de potência da Honda de 2015 de “motor de GP2”. Teria sido melhor medir as palavras e não explodir daquele jeito.

Indecisão no Gaúcho
O Gaúcho de Automobilismo ainda não definiu o local de realização da prova no dia 27 de junho: se Santa Cruz do Sul ou Rivera, na fronteira com o Uruguai. Ficamos na torcida para que a escolha recaia sobre Santa Cruz, porque a cidade tem uma das melhores pistas do Brasil!

Entramos no mês do Carnaval, a festa mais popular do Brasil. Extravase, espalhe amor, carinho, paz e alegria. Mas não esqueça: se beber, não dirija! E, claro: fé em Deus e... Pé na Estrada!