SANTA CRUZ 10/03/2021 10h39

Taxista é assaltado e fica quatro horas preso no porta-malas

Crime ocorreu no Bairro Goiás. Ele só conseguiu sair quando ouviu vozes de pessoas e gritou por ajuda

Um taxista, de 40 anos, foi assaltado na madrugada desta quarta-feira, 10, em Santa Cruz do Sul. Antes da fuga, o bandido ainda prendeu a vítima no porta-malas do táxi.

O homem, que não quis se identificar, conta que por volta das 5 horas um indivíduo acenou solicitando uma corrida, enquanto ele circulava pela Avenida Paul Harris. Ele pediu para ser levado até o Bairro Goiás. Em seguida, o homem anunciou o assalto, ordenou que o motorista desligasse o celular e pediu o dinheiro que a vítima carregava.


Depois de roubar cerca de R$ 300,00 ele ainda ordenou que o taxista fosse para dentro do porta-malas. O homem só conseguiu sair por volta das 9 horas, quando ouviu vozes de pessoas e gritou por ajuda. O carro estava na Rua Presidente Campos Sales.

A vítima, que trabalha como motorista há dez anos, está bem e não chegou a ser agredida. O taxista não conseguiu identificar o rosto do bandido por estar escuro. Também não conseguiu ver se ele carregava alguma arma. “Não é a primeira vez que eu passo por um assalto. A outra já faz um tempo, mas nunca fiquei preso num porta-malas”, diz. A Brigada Militar esteve no local e ouviu o depoimento do taxista. Por enquanto, ninguém foi preso.

LEIA TAMBÉM: Dois são presos após assalto no interior de Mato Leitão