Região 02/04/2021 15h12 Atualizado às 16h39

Brigada Militar prende dupla suspeita de sequestrar repórter de Venâncio Aires

Segundo a vítima, indivíduos o ameaçaram com facas e controlavam suas ligações e mensagens. Homens foram presos em Passo do Sobrado

Um repórter de Venâncio Aires viveu momentos de terror na manhã desta sexta-feira, 2. O profissional, de 33 anos, foi sequestrado e ameaçado por dois homens, de 23 e 25 anos. Ao longo da manhã, policiais da Brigada Militar (BM) receberam a informação de que o repórter poderia estar sendo vítima dos crimes e que estaria sendo mantido em cárcere por uma dupla no interior de Passo do Sobrado.

“Por volta das 10h30, recebemos essa informação, de que esse repórter de Venâncio Aires havia sido sequestrado por esses dois homens, e que eles teriam deslocado com um Chevrolet Corsa, cor prata, em direção a Passo do Sobrado. Diligenciamos até lá e, na localidade de Rincão de Nossa Senhora, encontramos um dos autores dirigindo este carro, que era da vítima”, comentou o sargento Severiano Vargas do Nascimento, que participou da abordagem.

Facas e outros objetos foram encontrados no carro

O homem percebeu a aproximação dos policiais e disparou com o veículo, dando início a perseguição. Após alguns quilômetros, a guarnição conseguiu interceptar o Corsa e prender o indivíduo. Identificado, ele tem 25 anos, é de Venâncio Aires e tem antecedente por crime de trânsito. “Fizemos a revista no carro e encontramos facas no porta-malas. Esse homem preso disse onde estava o comparsa. Fomos até uma residência de Rincão da Nossa Senhora e prendemos esse outro também”, complementou Severiano. O segundo suspeito tem 23 anos, é de Passo do Sobrado, e não possui antecedentes.

Na residência onde ele estava, os policiais descobriram que a vítima havia conseguido fugir para uma região de mata, nas proximidades. O repórter foi localizado minutos depois por uma guarnição da BM de Passo do Sobrado. Ele havia pedido ajuda para um morador da localidade. A dupla e a vítima passaram por exame de lesões em um posto de saúde de Passo do Sobrado e foram encaminhadas à Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA) de Santa Cruz do Sul, para registro da ocorrência.

No local, ainda assustando com a situação, o repórter conversou com o Portal Gaz. “Foram várias ameaças com facões. Embora eles estivessem controlando minhas ligações e mensagens, consegui fazer contato com a polícia e me desvencilhar desses homens, fugindo para a mata. Segui um córrego ao longo de dois quilômetros e consegui pedir ajuda em uma casa, ligando para a Brigada Militar, que já estava ciente da situação”, comentou a vítima.

Os dois homens presos em flagrante não tiveram seus nomes divulgados pelas autoridades policiais. A delegada Graciela Foresti Chagas, titular da delegacia de Sobradinho, e que estava de plantão nesta sexta-feira durante o feriado, não lavrou o flagrante da dupla, que foi liberada após registro da ocorrência. Segundo ela, não há, neste momento, elementos para concluir que houve sequestro. “É um fato que precisa ser investigado, tendo em vista circunstâncias relevantes a serem analisadas de forma posterior em um inquérito”, afirmou Graciela.