COMÉRCIO 19/02/2021 21h17

CDL Santa Cruz emite nota oficial sobre a bandeira preta na região

Em comunicado, presidente Ricardo Bartz lamenta classificação e pede que comunidade colabore na prevenção da doença

Após a classificação da região de Santa Cruz do Sul em bandeira preta no mapa preliminar do distanciamento controlado, divulgado nesta sexta-feira, 19, a Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) do município se posicionou publicamente. Em nota enviada à imprensa, o presidente da entidade, Ricardo Fernando Bartz, lamenta o nível de risco relacionado à Covid-19 verificado na região e pede que a comunidade colabore seguindo as orientações das autoridades.

Se a bandeira preta na região for confirmada e a cogestão do modelo for suspensa, o que ainda é avaliado, todo o comércio não essencial será fechado a partir da próxima terça-feira, 23.

LEIA MAIS:
VÍDEO: região de Santa Cruz é classificada com bandeira preta pela primeira vez
Entenda o que muda se a bandeira preta for confirmada na região

Confira a nota na íntegra:

Pela primeira vez o Vale do Rio Pardo está em Bandeira Preta no mapa preliminar de distanciamento controlado, de acordo com o anúncio do Governo do Estado. Algumas medidas emergenciais, entre elas a suspensão das atividades gerais entre as 22h e 5h no Estado foram anunciadas, medida deve valer de 20 de fevereiro até 1º de março.
A CDL Santa Cruz entende a gravidade da crise da saúde em função dos contágios do Covid-19 e, assim, reforça o pedido pelos cuidados de cada pessoa, consumidor e lojista para conter a situação.
É preciso seguir as recomendações das autoridades da saúde – circular o mínimo possível, não aglomerar, usar a máscara e se higienizar.
Aguardamos o posicionamento das autoridades sobre novas medidas a serem adotadas.
Ricardo Fernando Bartz
Presidente da CDL Santa Cruz


LEIA MAIS: ACOMPANHE A COBERTURA COMPLETA SOBRE O CORONAVÍRUS