PERDA 23/03/2021 19h17 Atualizado às 19h51

Morre Lúcia Schünke, esposa do presidente do Sinditabaco

Ela estava internada há cerca de duas semanas na UTI do Hospital Santa Casa de Misericórdia, em Pelotas

Faleceu na manhã desta terça-feira, 23, Lúcia Eneida Castegnaro Schünke. Ela era esposa de Iro Schünke, presidente do Sindicato Interestadual da Indústria do Tabaco (Sinditabaco).

Acometida pela Covid-19, Lúcia, de 62 anos, estava há cerca de duas semanas internada na UTI do Hospital Santa Casa de Misericórdia, em Pelotas. Ela foi transferida para a cidade no Sul do Estado porque não havia disponibilidade de leitos em Santa Cruz do Sul no momento em que ela precisou do tratamento intensivo.

O velório de Lúcia ocorre nesta quarta-feira, 24, a partir das 8 horas, somente para familiares, na capela da Funerária Martin, anexa ao Cemitério Ecumênico da Paz Eterna. Já o sepultamento ocorre às 10 horas, no mesmo local.

Além do marido, Lúcia deixa enlutadas as duas filhas do casal, Janaina Castegnaro Schünke e Jaqueline Castegnaro Schünke.

LEIA MAIS: ACOMPANHE A COBERTURA COMPLETA SOBRE O CORONAVÍRUS