GAZ – Notícias de Santa Cruz do Sul e Região

Crime no Motocross: matadores vieram de outra cidade para executar mecânico

Prisão ocorreu nesta sexta

A polícia divulgou na manhã desta sexta-feira, 1º, detalhes sobre a investigação da morte do mecânico Tiago Aliandro Kohlrausch, de 30 anos. Dois suspeitos foram presos: um advogado que seria o namorado da mãe do filho de Tiago e o tio-avô da criança, que foi pego com duas armas e, na época do homicídio, seria o dono do veículo utilizado no crime. Conforme o delegado Alessander Garcia, titular da 2ª Delegacia de Polícia, outros dois homens estão sendo investigados como os possíveis matadores de Tiago. Eles teriam vindo de outra cidade para cometer o homicídio.

De acordo com o delegado, Tiago teria tido um relacionamento casual que resultou em um filho, atualmente com pouco mais de um ano. Após confirmação da paternidade por meio de exame de DNA, ele começou a pagar pensão e visitar a criança regularmente. No entanto, o delegado explica que, depois que a mãe da criança começou a namorar o advogado, o clima entre todos ficou pesado. “Há relatos de que uma série de ameaças já tinham ocorrido”, contou. As brigas teriam iniciado ainda no primeiro semestre deste ano e a morte foi no dia 23 de setembro.


Advertising
Advertising

LEIA MAIS: Assassinato no Motocross teria sido para afastar pai e filho

O delegado Alessander não descarta que a mãe possa estar envolvida no plano de matar Tiago. Ela deve prestar depoimento nos próximos dias.



O MANDANTE
A principal suspeita é de que o advogado seja o mandante do crime. Ele tem registro junto à Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), mas não atuava em Santa Cruz do Sul. A polícia também revelou que ele não seria natural daqui, mas não divulgou o nome para preservar a criança envolvida na história. A advogada de defesa do suspeito, que foi preso no Bairro Dona Carlota, disse que ainda está tomando conhecimento sobre o inquérito e tem expectativa de que ele seja liberado o quanto antes.

Conforme o delegado, após ouvir o suspeito, ficou claro que o plano foi bem arquitetado. “Ele apresentou até a nota fiscal do mercado para comprovar onde estava na hora do crime”, explicou ao destacar que não é comum deixar um nota simples guardada por tanto tempo.

O outro homem preso na manhã desta sexta-feira é tio da mãe do filho de Tiago. Ele foi capturado com duas armas no Bairro Santo Antônio. Já o carro usado no crime, que seria dele na época, foi localizado recentemente pela polícia em Salto do Jacuí.

A polícia tem dez dias para concluir o inquérito e deve ouvir mais pessoas até lá.

Duas armas e munições foram apreendidas

O CRIME
Mecânico concursado da Prefeitura e pai de um bebê com pouco mais de um ano, Tiago Aliandro Kohlrausch, 30, tornou-se vítima da violência em Santa Cruz do Sul. Atingido por pelo menos dez tiros, ele morreu na garagem de casa, na Rua Walder Rude Kipper, situada no loteamento Motocross, no Bairro Arroio Grande. O homicídio aconteceu por volta das 20 horas de uma segunda-feira, 23 de setembro de 2019.

LEIA MAIS: Homem é morto a tiros no loteamento Motocross

Segundo informações colhidas pela Polícia Civil e Brigada Militar, a namorada de Tiago estava no banho quando escutou barulhos que vinham do lado de fora da casa. Quando saiu, encontrou o namorado morto, caído ao lado do Omega Suprema que estava estacionado na garagem. Os peritos recolheram no local 12 estojos deflagrados de pistola calibre 380, o que indica o número de tiros disparados.

LEIA MAIS: Morte no Motocross: cena do crime em local afastado desafia a investigação



© 2021 Gazeta