Para adoçar a vida e o bolso: curso de confeiteiro

21/08/2018 12:03:20
Foto: Divulgação

A atitude empreendedora está cada vez mais presente na vida das pessoas. Como aponta um estudo da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel), a área gastronômica cresce em média 10% ao ano. A pesquisa afirma ainda que o segmento responde por 24,6% do PIB do país.

Nesse contexto, o Senac tem o objetivo de educar para o trabalho, como explica a diretora da unidade de Santa Cruz do Sul, Daniela Laner, “A profissionalização ocorre na prática da escola, que possui um modelo pedagógico próprio, o qual está fundamentado no desenvolvimento de competências essenciais para a atuação profissional”.

E no curso de confeiteiro não é diferente:  a qualificação proporciona aos participantes o domínio de técnicas de confeitaria, agregando conhecimento e competência relacionados às exigências do mercado. “No curso, os alunos são orientados por docentes com vivências práticas na área, estando preparados para transmitir o conhecimento necessário à compreensão da realidade prática da profissão”, destaca Daniela.

A docente do Senac Santa Cruz do Sul, Cátia Leal da Silveira, ainda reforça a importância do conhecimento prático adquirido em sala de aula para quem deseja empreender. “Os participantes são orientados para atuar desde a manipulação de alimentos, confecção de fichas técnicas e até cálculo de custos para a preparação dos quitutes”, explica Cátia. Além disso, há ainda o desenvolvimento de trabalhos nos o aluno é estimulado a montar um estabelecimento, seja ele uma padaria, confeitaria, entre outros. Dessa forma, a atividade visa apresentar a rotina de uma empresa e desenvolver habilidades de liderança nos participantes. 

Visando o mercado, o Senac Santa Cruz está com inscrições abertas para o curso de Confeitaria Básica para Iniciantes, com início no dia 11 de setembro. As aulas acontecem no turno da tarde, das 13h30 às 17h30. Matrículas podem ser feitas pelo site www.senacrs.com.br/santacruz, ou presencialmente na Rua Venâncio Aires, 300. Mais informações pelo telefone (51) 3711-6460.

Para a ex aluna do Senac, Gizelle Brandt,  o conhecimento adquirido em sala de aula e a paixão pela cozinha foram primordiais para ela preparar doces para vender. Gisele produz brigadeiro e ovos de colher sob encomenda. Porém ela afirma que a atividade é exercida sem o foco principal no dinheiro: “Faço porque gosto de fazer e me deixa muito feliz saber que os outros gostam, então eu defino uma palavra, amor, tudo que é feito com amor e carinho, se torna prazeroso e satisfatório”. E assim como o chocolate e os doces produzidos por Gisele, a vida do confeiteiro  pode se tornar muito mais doce através do empreendedorismo.

Postado por
Gazeta Grupo de Comunicações
Rua Ramiro Barcelos, 1206 | Santa Cruz do Sul - RS
(51) 3715-7800 | portal@gaz.com.br
Desenvolvido e Mantido por
Equipe de TI Gazeta Grupo de Comunicações