Coronavírus 21/11/2020 20h03

Santa Cruz e região batem recorde de casos de Covid-19 em uma semana

Hospitais do município estão com 66% dos leitos de UTI adulto ocupados

Apesar de a bandeira laranja ter permanecido, a análise semanal do número de casos evidencia a proporção que a pandemia voltou a ganhar no Vale do Rio Pardo nas últimas semanas.

Entre a sexta-feira anterior e essa, a região registrou novo recorde de casos para sete dias, com 447 confirmados, chegando a 5.937 casos, aumento de 8,1% sobre o total.  A maior soma era de 437 positivos, ocorrida entre 6 e 13 de setembro.

Entre os recuperados foram 273 pessoas livres da doença, chegando a 5.431 desde março. Ainda foram notificados cinco óbitos – dois em Venâncio Aires, dois em Rio Pardo e um em Encruzilhada do Sul. Em Santa Cruz do Sul o ritmo, que já vinha crescendo, se intensificou e o município também registrou o recorde de casos para sete dias, com 232 novas infecções.

Para se ter uma noção do quão expressivo é esse número, o recorde anterior era de 136 casos, registrado entre 10 e 17 de setembro. Ou seja, quase cem a menos que o registrado nessa semana. A soma agora chega a 2.077 diagnósticos positivos, aumento de 12,6% sobre os 1.845 da sexta-feira anterior. 

Chamam a atenção, ainda, os 270 casos ativos e também outros 297 suspeitos. Em relação aos recuperados, são 127 pessoas consideradas livres da doença no período, chegando agora a 1.787, aumento de 7,6% sobre o total.

O saldo é de 105 novos infectados a mais do que o número de curados. Santa Cruz do Sul registrou duas mortes no dia 13 de novembro e, desde então, nenhuma nova morte em decorrência da Covid-19 foi notificada. Os hospitais do município estão com 66% dos leitos de UTI adulto ocupados.  Nove pacientes estão internados, cinco com diagnóstico confirmado e quatro ainda aguardam o resultado dos exames.