Vale do Rio Pardo 20/02/2021 20h47

Prefeitos decidem não entrar com recurso e defendem cogestão

Assunto foi debatido em assembleia na noite deste sábado, 20. Atualmente, plano regional não permite adaptação da bandeira preta com protocolos da vermelha

Os prefeitos dos municípios integrantes da Associação de Municípios do Vale do Rio Pardo (Amvarp) votaram por não recorrer da bandeira preta, determinada na sexta-feira, 19, para a região por meio do modelo de distanciamento controlado do governo do Estado.

A questão foi discutida em assembleia na noite deste sábado, 20. De acordo com a assessoria da Amvarp, os prefeitos ouviram embasamentos técnicos do médico infectologista Marcelo Carneiro, da coordenadora da 13ª Coordenadoria Regional de Saúde, Mariluci Reis, e da diretora executiva do Cisvale, Lea Vargas, a respeito do agravamento no quadro da doença na região.

Dentre as principais justificativas para não recorrer, está que o momento atual do avanço da Covid-19 na região, de acordo com os especialistas, não permitiria um recurso viável, e que este, muito provavelmente, seria negado pelo governo do Estado.

Também na assembleia, aprovaram uma atualização do plano de cogestão, que será encaminhada ao Estado. Atualmente, o plano não prevê a adaptação da bandeira preta com protocolos de vermelha, e sim apenas de vermelha para laranja e de laranja para amarela.

Foi aprovado ainda, a pedido da prefeita Helena Hermany, uma moção ao governador em defesa do comércio e dos prestadores de serviço, para que não sejam penalizados em caso de bandeira preta.