Brasileiro Série D 25/05/2019 17h48 Atualizado às 10h07

Avenida perde, mas segue líder

Periquito levou 1 a 0 do Joinville fora de casa e volta a jogar no próximo sábado, 1º, contra a Ferroviária, em São Paulo

O Avenida perdeu a primeira na Série D do Campeonato Brasileiro. Contra o Joinville em Santa Catarina, a equipe de China Balbino não conseguiu desenvolver o seu jogo e acabou levando 1 a 0. Prejudicada pela expulsão do zagueiro Luis Henrique, o Avenida não teve reação para buscar o empate.

PRIMEIRO TEMPO

Os primeiros minutos foram de pressão da equipe do Joinville. Somente até os 4 minutos foram três escanteios para a equipe catarinense consecutivos. O atacante do Avenida, Flávio Torres, afastou o perigo em todos. Aos 4, o Avenida chegou pela primeira vez com Canhoto, que recebeu de Davi e chutou para fora.

Aos 8 a equipe catarinense chegou novamente. Numa rápida transição pela direita, Matheus Pimenta arriscou de dentro da área e Fabiano Heves pegou firme.  Aos 11, Davi arriscou um lance plástico. Após escanteio cobrado por Alexandre, a bola sobrou para Davi que pegou de voleio. Jefferson defendeu. No minuto seguinte, no entanto, o Joinville chegou num forte chute que tirou tinta da trave de Fabiano.

Aos 15, Fabiano Heves salvou o Avenida. Caíque cruzou pra trás e Pimenta chutou. Para sorte do clube gaúcho, Heves buscou firme. Aos 18 minutos o Avenida teve a chance de gol numa falta frontal no ataque. Elis bateu forte, à meia altura, e Jefferson fez boa defesa no meio do gol.

Aos 25, devido a lesão de Renato, o técnico do Joinville colocou em campo Diego Bispo. Aos 27 a chance na falta foi para o Joinville. Erick foi para cobrança e bateu na barreira. Na sequência do lance saiu o gol do Joinville. Após um bate rebate dentro da área, a bola sobrou para Leandro Bulhões que, de fora da área, emendou uma bomba no canto direito de Fabiano Heves: Joinville 1 a 0 Avenida.

Aos 33, mais uma falta para o Joinville na frente da área. De novo na cobrança, Erick chutou forte no canto direito e Fabiano Heves espalmou para escanteio, que a defesa do Avenida afastou. Nos minutos seguintes o jogo ficou truncado com muitos erros de passe. Aos 40 o Avenida chegou com Davi, que cruzou para Flávio Torres, mas Erick chegou antes e afastou, no último lance perigoso do primeiro tempo.

SEGUNDO TEMPO

Foto: Julio Cesar Ferreira

 

Logo a 1 minuto o Joinville chegou forte numa falta pela direita. No cruzamento na área, a zaga do Avenida afastou. Aos 5 minutos o Joinville teve escanteio. No cruzamento, Elias afastou. Aos 7, mais uma chegada forte do Joinville. Após cruzamento na área a defesa do Avenida conseguiu cortar. Aos 10, Fabiano Heves salvou. David Batista fez grande jogada e chutou para grande defesa do goleiro do Avenida.

Só dava Joinville. Aos 15, Luis Henrique fez falta e recebeu o segundo cartão amarelo, acabando expulso. Na cobrança da falta, David Batista quase marcou de cabeça, mas a bola passou por cima do gol de Heves. Aos 20, Matheus Pimenta arriscou um chute de fora da área e Fabiano pegou novamente. Finalmente o Avenida chegou já aos 27 minutos do segundo tempo. Elis arriscou numa falta, mas Jefferson pegou firme.

Aos 32 o Avenida voltou a chegar. Mateus cobrou escanteio e Tito cabeceou muito perto do gol. O Joinville passou a pressionar mais ao final da partida para tentar o segundo gol na abertura de espaço que a expulsão de Luis Henrique deixou na zaga do Avenida, mas não conseguiu e o placar ficou no 1 a 0 para os donos da casa. Com o resultado o Periquito permanece com sete pontos e volta a jogar pela Série D no próximo sábado, 1º, contra a Ferroviária, em São Paulo, às 18 horas.

CAMPEONATO BRASILEIRO SÉRIE D
JOINVILLE 1 a 0 AVENIDA


Data e horário: Sábado, 25 de maio, 18 horas;
Local: Arena Joinville, Santa Catarina;
Arbitragem: João Ennio Sobral, com Diogo Carvalho Silva e Rachel de Mattos Bento (RJ);
Cartão amarelo: Giba (Joinville) e Diego Bispo (Joinville); Luis Henrique (Avenida);
Cartão vermelho: Luis Henrique (Avenida).

JOINVILLE
Jefferson; Ângelo, Luan, Renato Justi (Diego Bispo) e Erick Daltro; Leandro Bulhões; Robert, Caíque, Leandro Salino e Matheus Pimenta (Giba); David Batista.
Técnico: Danilo Portugal

AVENIDA
Fabiano Heves; João Neto, Luís Henrique, Claudinho e Roger; Davi, Carlinhos, Alexandre (Tito) e Canhoto; Elias e Flávio Torres (Mateus).
Técnico: China Balbino