Alerta 08/07/2019 15h12 Atualizado às 15h26

Veja a lista de azeites de oliva com venda proibida no País

Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento alerta que o consumidor deve desconfiar de produtos muito baratos

Após uma fiscalização do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, seis marcas de azeite de oliva tiveram a venda proibida e devem ser recolhidas das prateleiras de estabelecimentos comerciais de todo o País até esta segunda-feira, 8. Os azeites foram encontrados em estabelecimentos do Distrito Federal e de mais sete Estados (Alagoas, Goiás, Minas Gerais, Paraná, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, São Paulo).

Itens com os rótulos de Oliveiras do Conde, Quinta Lusitana, Quinta D’Oro, Évora, Costanera e Olivais do Porto devem ser recolhidos das prateleiras. Os responsáveis pelas marcas, de acordo com informações divulgadas pelo ministério, são Rhaiza do Brasil Ltda., Mundial Distribuidora e Comercial Quinta da Serra Ltda.

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento alerta que o consumidor deve desconfiar de azeites de oliva muito baratos. O azeite de oliva verdadeiro custa a partir de R$ 17.