curiosidade 13/01/2020 14h51 Atualizado às 15h13

Clima: o que significa o círculo em volta do Sol visto na região

Por volta do meio-dia desta segunda-feira, 13, várias pessoas registraram o fenômeno em municípios do Vale do Rio Pardo

Quem olhou para o céu no Vale do Rio Pardo por volta do meio-dia desta segunda-feira, 13, percebeu algo diferente. O Sol estava com um círculo esbranquiçado. Ouvintes chegaram a enviar imagens para a Rádio Gazeta, nas quais questionavam sobre o que estava acontecendo.

A meteorologista Estael Sias, da MetSul Meteorologia, explica que se trata de um halo solar. “São nuvens cirrus, que estão entre 10 a 12 quilômetros de altitude. São nuvens ralas, popularmente chamadas de “rabos de galo”, cheias de cristais de gelo, formados por uma temperatura que nesta altitude está 50 graus negativos. Quando a luz do Sol passa por essa camada, há um fenômeno semelhante ao arco-íris, só que em grandes altitudes, o que forma esse círculo”, explica a meteorologista.

O aparecimento do halo solar também representa uma mudança que está por vir na condição do tempo. “Uma frente fria é um monte de nuvens de temporal e de chuva. Nessa altitude de até 12 quilômetros de altura, há vento bastante forte que acaba antecipando partes dessa instabilidade. É um sinal de que vai ter mudança no tempo. Geralmente essas nuvens altas chegam cerca de dois dias antes da chuva”, revela Estael Sias.

A MetSul Meteorologia confirma que a frente fria deve atingir o Rio Grande do Sul entre quarta e quinta-feira, com possibilidade de chuva mais generalizada e risco de temporais.