COVID-19 09/03/2020 21h17 Atualizado às 16h43

Lacen descartou 86 casos suspeitos de coronavírus desde sexta

Com habilitação do laboratório no Estado, tempo para verificação dos casos suspeitos da doença caiu de 8 dias para 48 horas

Até esta segunda-feira, 86 casos suspeitos de novo coronavírus foram analisados pelo Laboratório Central do Estado (Lacen). Todos descartados. Os exames passaram a ser feitos no local na sexta-feira, 6. Os materiais dos pacientes passam ainda por um segundo teste, para os outros sete tipos de vírus respiratórios mais comuns no país, como os influenza A e B.

LEIA MAIS: Lacen começa a fazer análises para o novo coronavírus

A habilitação do laboratório no Rio Grande do Sul para investigação dos casos suspeitos de novo coronavírus reduziu o tempo de espera pela resposta para 48 horas. Antes, quando o material era testado para outros vírus no Lacen e depois enviado à Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), no Rio de Janeiro, o resultado podia levar oito dias para sair. Nenhuma amostra do Rio Grande do Sul segue em investigação na Fiocruz. Todos os atuais suspeitos estão no Lacen em Porto Alegre.

Nem todos esses descartados para coronavírus já estão contabilizados no boletim epidemiológico divulgado nesta segunda-feira, 9, pela Secretaria Estadual da Saúde, em virtude da hora de fechamento dos dados. Os dados registram 34 casos descartados. Os demais serão tabulados pelo Centro de Operações de Emergências (COE) e entrarão no boletim desta terça-feira, 10, junto a outros casos que venham a ter o diagnóstico até lá.

LEIA MAIS: Santa Cruz registra terceiro caso suspeito de coronavírus em menos de uma semana