Agricultura 11/08/2020 17h15

Safra deste ano deve ser 3,8% superior à de 2019, prevê IBGE

Safra de soja deve ter recorde, com produção de 120,1 milhões de toneladas, o que representa alta de quase 6%

A produção brasileira de cereais, leguminosas e oleaginosas deve fechar o ano de 2020 em 250,5 milhões de toneladas. Caso a estimativa de safra feita em julho pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) se confirme, a produção será 3,8% superior à registrada em 2019, ou seja, 9 milhões de toneladas a mais.

A estimativa de julho é 1,3% superior ao levantamento do IBGE feito no mês anterior. A área a ser colhida neste ano, de acordo com a estimativa, é de 64,9 milhões de hectares, ou 2,6% acima da área de 2019.

Entre as principais lavouras de grãos do país, são esperadas altas em 2020 nas safras de soja (5,9%), arroz (7,3%), trigo (41%) e sorgo (6,4%). O algodão herbáceo deve manter a produção de 2019. São esperadas quedas no milho (0,8%) e feijão (4%).

LEIA MAIS: Diversificação incrementa R$ 634,2 milhões na renda dos produtores

Outros produtos

São esperadas altas para a cana-de-açúcar (2,4%), assim como o café (18,2%) e a laranja (4,1%). Por outro lado, estima-se quedas nas safras de batata-inglesa (10,6%), banana (5,2%), tomate (5%), mandioca (0,3%) e uva (0,3%).

LEIA MAIS: Produção da safra de grãos cai 28,7% no Estado


Produção de soja terá recorde de 120 milhões de toneladas em 2020

A safra brasileira de soja alcançará um recorde de 120,1 milhões de toneladas em 2020, 5,9% maior que a de 2019, segundo os dados do IBGE. A soja é um dos principais produtos da safra brasileira e, junto com o arroz e o milho, é responsável por 92,2% da estimativa da produção e por 87,1% da área a ser colhida.

Com informações da Agência Estado.

LEIA TAMBÉM: Cotações motivam aumento na área plantada da safra de trigo