Gauchão 2018 04/02/2018 15h07 Atualizado às 07h14

Brasil quebra jejum de 22 anos e vence o Inter em Pelotas

Itaqui anotou o único gol da partida, ainda no primeiro tempo, quando o Colorado já estava com um jogador a menos

Foto: Ricardo Duarte/Internacional

Brasil e Internacional se enfrentam no Bento Freitas
Brasil e Internacional se enfrentam no Bento Freitas

O Internacional enfrentou o Brasil neste domingo, 4, pela 5ª rodada do Gauchão, no Estádio Bento Freitas, em Pelotas, e foi derrotado por 1 a 0. O gol foi marcado por Itaqui, aos 40 minutos do primeiro tempo. O Brasil é o vice-líder, com 13 pontos, enquanto o Internacional ocupa a 3ª posição, com nove pontos. Os próximos jogos serão válidos pela 7ª rodada. O Internacional recebe o Juventude no Beira-Rio, quinta-feira, 15, às 21h30, enquanto o Brasil encara o Grêmio na Arena, na quarta-feira, 7, às 21h45.


PRÉ-JOGO

O técnico Odair Hellmann decidiu poupar os titulares que empataram contra o Boavista na primeira fase da Copa do Brasil, na última quarta-feira. Com isso, a escalação foi definida apenas com os reservas, assim como na rodada anterior, quando a equipe colorada havia vencido o Avenida. O único desfalque seria o atacante Nico López, acometido por uma gastroenterite.

O Brasil de Pelotas não poderia contar com Artur, Alisson Farias e Mossoró, todos pertencentes ao Internacional, por questões de contrato. Com isso, o técnico Clemer substituiria os desfalques com Bruno Collaço, Calyson e Deyvid Sacconi.

Reservas do Inter não conseguiram superar o Brasil no Bento Freitas 
Foto: Ricardo Duarte/Internacional

 

1º TEMPO

O Brasil criou uma oportunidade de gol logo nos primeiros segundos. Luiz Eduardo driblou Danilo Silva na esquerda e cruzou para Éder Sciola, que soltou a bomba da entrada da área. Marcelo Lomba espalmou no canto esquerdo. Já aos 17, Ruan cometeu falta sobre Calyson na esquerda. Itaqui alçou a bola na área e Heverton cabeceou por cima da meta de Marcelo Lomba. Aos 20 minutos, foi a vez de Marcelo Pitol salvar. Após cruzamento de Patrick da esquerda, Roger finalizou de primeira. Com o pé direito, o goleiro xavante evitou o gol. 

Por falta cometida em Toty, Ruan foi expulso aos 33 minutos. O lateral já havia recebido cartão amarelo, aos 17 minutos. O Brasil abriu o placar aos 40 minutos. Itaqui roubou a bola de Rodrigo Dourado e deixou com Luiz Eduardo. O atacante lançou para Calyson na direita. Deyvid Sacconi recebeu no bico da grande área e acionou Toty. Na grande área, o meia sofreu uma carga de Danilo Silva e ficou no chão. Itaqui aproveitou a sobra e bateu de canhota. A bola desviou em Danilo Silva e confundiu o goleiro Marcelo Lomba. Aos 46, Calyson disparou na direita e bateu cruzado. A bola saiu à direita.

Atuação discreta afastou possibilidade de vitória do Inter
Foto: Ricardo Duarte/Internacional
 

2º TEMPO

Para repor a lateral direita, o técnico Odair Hellmann decidiu colocar Claudio Winck na vaga de Camilo já na volta dos vestiários. Aos três minutos, Leandro Camilo cometeu falta em Roger. Claudio Winck cobrou e o goleiro Marcelo Pitol defendeu com firmeza no canto esquerdo. Na marca dos sete minutos, Éder Sciola cruzou rasteiro e Deyvid Sacconi emendou o chute. Claudio Winck desviou de cabeça e Marcelo Lomba fez a defesa. O Brasil levou perigo aos 12, depois de um chutão de Leandro Camilo da defesa. Toty dominou na direita, cruzou rasteiro e Danilo Silva tentou cortar. Toty concluiu e a bola saiu à esquerda de Marcelo Lomba. Aos 13, William Pottker entrou na vaga de Marcinho. No Brasil, Luiz Henrique entrou no posto de Deyvid Sacconi aos 16.

O Brasil exigiu o goleiro colorado novamente aos 20 minutos. Itaqui soltou a bomba da meia esquerda em cobrança de falta, a bola desviou na trajetória e Marcelo Lomba espalmou para a linha de fundo. O técnico Odair Hellmann optou pela entrada de Juan Alano aos 31, na vaga de Roger. No Brasil, duas alterações foram feitas aos 39 minutos. Van Basty e Robério entraram nas vagas de Itaqui e Luiz Eduardo. Aos 41, Leandro Leite finalizou na grande área e a bola desviou em Charles antes de sair à esquerda. Por falta em Charles, Leandro Camilo recebeu o segundo amarelo e foi expulso. O Internacional buscou o empate, enquanto o Brasil prendia a bola nos acréscimos. No final, triunfo xavante após 22 anos contra o Colorado.


FICHA TÉCNICA
CAMPEONATO GAÚCHO - 5ª RODADA
BRASIL 1 x 0 INTERNACIONAL

Local: Estádio Bento Freitas, em Pelotas
Data: 04/02/2018
Horário: 17 horas
Árbitro: Roger Goulart
Assistentes: Alduíno Mocelin e Michael Stanislau
Cartões amarelos: Heverton, Deyvid Sacconi, Leandro Camilo, Éder Sciola e Itaqui (Brasil); Ruan, Marcinho, Daniel, William Pottker, Charles e Claudio Winck (Internacional)
Cartões vermelhos: Leandro Camilo (Brasil) e Ruan (Internacional)
Gol: Itaqui (Brasil) - 40min/1º

BRASIL DE PELOTAS: Marcelo Pitol; Éder Sciola, Leandro Camilo, Heverton e Bruno Collaço; Leandro Leite, Itaqui (Van Basty), Calyson, Deyvid Sacconi (Luiz Henrique) e Toty; Luiz Eduardo (Robério)
Técnico: Clemer

INTERNACIONAL: Marcelo Lomba; Ruan, Danilo Silva, Thales e Iago; Rodrigo Dourado, Charles, Patrick e Camilo (Claudio Winck); Marcinho (William Pottker) e Roger (Juan Alano)
Técnico: Odair Hellmann