João Caramez 28/10/2019 21h29 Atualizado às 10h42

Recuperação

Diferente da atuação apática que teve contra o Flamengo, que resultou na eliminação da Libertadores no Maracanã, o Grêmio se recuperou no Brasileirão ao vencer o Botafogo na Arena

Diferente da atuação apática que teve contra o Flamengo, que resultou na eliminação da Libertadores no Maracanã, o Grêmio se recuperou no Brasileirão ao vencer o Botafogo na Arena. A equipe foi consistente e dominou o adversário. Renato optou por uma escalação ofensiva. O quarteto foi formado por Alisson, Everton, Luciano e Diego Tardelli, com um suporte essencial de Matheus Henrique e Maicon. O capitão fez o primeiro gol. Léo Moura voltou a ser titular na lateral direita. O Grêmio construiu situações ofensivas e finalizou mais do que tem sido habitual. Após derrotas para Bahia e Fortaleza, o Grêmio agora está a um ponto do G-6. Amanhã, encara o Vasco no São Januário. O Cruz-Maltino não perde há cinco rodadas. Depois, no domingo, o clássico Gre-Nal será um confronto direto por vaga na Libertadores.

Novo astral
Com outro desenho, o Internacional do técnico Zé Ricardo foi efetivo contra o Bahia na Fonte Nova. Paolo Guerrero marcou duas vezes, Guilherme Parede anotou um gol válido após cinco anulados pelo VAR e, diante de um adversário complicado, o Colorado conseguiu vencer e superar o Corinthians na tabela. Neilton e Wellington Silva foram titulares. William Pottker e Sarrafiore ganharam oportunidade no segundo tempo. Nico López foi para o banco e o time ganhou em velocidade e objetividade. Na quinta, Patrick e D’Alessandro retornam para encarar o Athletico-PR no Beira-Rio e a equipe deverá ter outra característica. O Furacão joga o Brasileiro por lazer, mas goleou o Goiás no domingo e já mantém três jogos de invencibilidade. A rodada do meio de semana vai inferir em como as equipes entrarão em campo no Gre-Nal da Arena no domingo, às 18 horas.

Boa semana a todos!