INVESTIGAÇÃO 19/06/2019 17h08 Atualizado às 19h44

Adolescente assassinado em Santa Cruz estaria prometido de morte

Jovem teria sido perseguido antes de ser morto nessa terça-feira

A Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA) de Santa Cruz do Sul está investigando as circunstâncias que levaram ao assassinato de um jovem de 17 anos na noite dessa terça-feira, 18. Conforme a delegada Lisandra de Castro de Carvalho, a suspeita é de que dois indivíduos estariam envolvidos no crime, mas a polícia ainda não conseguiu identificar os autores.

Pelo perfil da vítima, que tinha antecedentes por furto, tráfico e homicídio, a delegada acredita que pode ter sido executada. "Era um jovem envolvido com a criminalidade, que vinha cometendo diversos delitos e provavelmente estava prometido de morte por algum criminoso, mas não temos nada concreto no momento", comentou. 

Ainda segundo a delegada, o jovem teria sido perseguido nessa terça-feira. "Ele estava caminhando na rua quando esses sujeitos chegaram e começaram a persegui-lo, mas não sabemos se estava sozinho. Nos próximos dias vamos ouvir mais pessoas e tentar elucidar quem foram os autores e qual o motivo, mas por enquanto não temos nenhuma informação nesse sentido. Se alguém da comunidade souber de algo pode nos procurar e fazer uma denúncia anônima", afirmou. O telefone para denúncia é o 3713 4340.