Polêmica 11/02/2020 10h36

VÍDEO: secretária deixa o governo com acusações ao prefeito de Rio Pardo

Jane Franco também deixou a coordenação da Defesa Civil e apontou supostas irregularidades no governo municipal

A secretária do Trabalho, Cidadania e Assistência Social de Rio Pardo, Jane Franco, solicitou a exoneração do cargo na manhã dessa segunda-feira, 10. Ao mesmo tempo, ela entregou a função de coordenadora da Defesa Civil do município. Jane fez a comunicação durante entrevista à Rádio Rio Pardo FM 103,5 e justificou a medida em função do descontentamento e repúdio às atitudes do prefeito Rafael Reis Barros (PSDB).

A ex-secretária falou durante mais de duas horas nos programas Cidade Alerta e Aperitivo da Casa, onde fez diversas acusações ao prefeito e um longo desabafo. Entre os fatores que levaram Jane a pedir a exoneração está o desvio de madeiras destinadas a famílias de baixa renda cadastradas na secretaria para favorecer apoiadores políticos sob ordens do prefeito. Ela afirmou que possui todas as provas das irregularidades.

Jane também disse que não deixou antes a pasta pois tinha de se defender de uma série de acusações e obter provas. Explica que informou ao prefeito o comércio de consultas médicas e receituários. Em razão disso, uma sindicância foi aberta em julho do ano passado, que ainda está em andamento, na qual ela foi chamada para prestar esclarecimentos.

LEIA TAMBÉM: Prefeito de Rio Pardo exonera CCs após rejeição de projeto de lei

Também lembrou que o prefeito está envolvido em uma investigação do Ministério Público de Santa Catarina por fornecer atestado de capacidade técnica a uma organização social que participou de licitação para a gestão de creches em Florianópolis no ano passado. Porém, não há informações sobre registro de contrato com a Prefeitura de Rio Pardo e pagamento pelo serviço prestado.

A ex-secretária disse que o prefeito tornou-se um homem perigoso e “trocou a maçã do amor pelo porte de armas”. Também acusou os vereadores por deixarem de cumprir sua função de fiscalizar as atividades da administração municipal em troca de favorecimentos.

LEIA TAMBÉM: Em Rio Pardo, prejuízo com a seca é maior do que o orçamento

O prefeito Rafael Barros foi procurado pela Gazeta do Sul mesmo após o expediente da Prefeitura nessa segunda-feira, mas não atendeu e as ligações caíram na caixa postal. No fim da tarde, já constava no site da Prefeitura o nome de Mateus Otesbelgue Henes como responsável pela Secretaria do Trabalho, Cidadania e Assistência Social.

Confira a declaração a partir dos 25 minutos da transmissão abaixo:

Posted by Rádio Rio Pardo FM 103.5 on Monday, February 10, 2020