Fique informado 27/02/2020 20h43 Atualizado às 15h28

Confira dez perguntas e respostas sobre o coronavírus

Caso suspeito em Santa Cruz veio a público nesta quinta-feira, 27

Com um caso suspeito do coronavírus sendo monitorado em Santa Cruz do Sul, a Secretaria de Saúde reuniu dez perguntas e respostas sobre a nova doença que preocupa o mundo. Confira abaixo:

1. O que é o coronavírus?
É um vírus que causa Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG), afetando principalmente o trato respiratório.

2. A quais sintomas devo ficar atento?
Febre, calafrios, dor de cabeça, mal-estar, dores no corpo, dificuldade para respirar e tosse. Além desses sintomas, a pessoa precisa ter ido a um dos países considerados áreas de transmissão ou ter entrado em contato com pessoas que estiveram nesses locais nos últimos 14 dias.

3. Como prevenir o novo coronavírus?
O mais importante é ter um corpo saudável, pois nesse caso, mesmo que entre em contato com o novo coronavírus, o sistema imunológico da pessoa consegue combatê-lo ou atenuar os sintomas.

Outras medidas essenciais contra a propagação são: higienizar as mãos após espirrar ou tossir; usar álcool gel; evitar tocar mucosas dos olhos, nariz e boca; cobrir nariz e boca com lenços descartáveis ao espirrar ou tossir; lavar as mãos com frequência; manter os ambientes bem ventilados; não compartilhar objetos como talheres, pratos e copos; evitar o chimarrão; reduzir contato com pessoas que apresentem sintomas respiratórios; evitar cumprimentos com beijos; evitar espaços com aglomerações; entre outros cuidados comuns em gripes.

4. A máscara evita que eu seja contaminado?
A máscara cirúrgica, aquela que é comum ser encontrada, evita que quem tenha a doença transmita a outra pessoa. Em quem ainda não está contaminado, o uso de máscara ajuda a evitar o contato das mãos na região do rosto.

5. O novo coronavírus tem tratamento?
Ainda não há vacina nem tratamento contra o coronavírus, apenas os sintomas são tratados. Por isso é tão importante a prevenção.

6. A vacina contra gripe me protege do novo coronavírus?
São vírus diferentes, portanto a vacina contra gripe não protege do novo coronavírus. Entretanto, uma pessoa que tomou a vacina tem menos risco de ficar gripado com um tipo de vírus e, consequentemente, não ficando doente, apresenta menos chances de ser contaminada pela nova doença, tendo em vista que o sistema imunológico não está fragilizado.

7. Quais são os grupos de risco da doença?
Crianças com até 6 anos, cujo sistema imunológico ainda não esteja totalmente formado, idosos, imunodeprimidos, gestantes e puérperas.

8. Recebi uma encomenda do exterior. Posso me contaminar?
O vírus sobrevive poucas horas em superfícies de objetos e o tempo pode variar de acordo com a temperatura do local. Mesmo assim, é recomendado que passe álcool na embalagem antes de tocá-la sem proteção.

9. Quais são os países considerados área de transmissão?
China, Alemanha, Austrália, Emirados Árabes, Filipinas, França, Irã, Itália, Malásia, Coreia do Sul, Coreia do Norte, Camboja, Japão, Singapura, Tailândia e Vietnã.

10. Quantos casos já foram confirmados no Brasil?
Apenas um caso foi confirmado em São Paulo. O país tem 132 casos suspeitos e 213 notificações aguardam análise para serem considerados suspeitos.

LEIA MAIS:
Saúde acompanha caso suspeito de coronavírus e pede calma à população
Santa Cruz tem caso suspeito de coronavírus
Confirmado o primeiro caso de coronavírus no Brasil