Alerta 16/03/2020 10h06 Atualizado às 15h31

Santa Cruz tem 15 casos suspeitos de coronavírus

Pacientes estão em isolamento domiciliar e não apresentam sintomas graves

Na manhã desta segunda-feira, 16, a Secretaria de Saúde de Santa Cruz do Sul atualizou os dados de coronavírus no município. Atualmente, há 15 casos suspeitos, sendo que 12 terão a coleta enviada ao Laboratório Central do Estado (Lacen) e três já foram descartados na semana passada.

Em entrevista à Rádio Gazeta o titular da pasta, Régis de Oliveira Júnior, diz que todos os pacientes estão sendo monitorados e estão em isolamento domiciliar. “Nenhum deles está com um sintoma grave. São pessoas que chegaram do exterior recentemente.”

Ele ainda comenta que a orientação para quem fez viagem internacional é fazer isolamento domiciliar por sete dias. Se apresentar sintomas, a pessoa deve ficar 14 dias em casa. “Hoje nossa equipe está fazendo coletas domiciliares. Encaminhamos nove exames para análise e pretendemos encaminhar o restante ainda hoje.”

Números:
– 18 notificados até as 10 horas desta segunda;
– três deles descartados (ainda na semana passada);
– 12 casos suspeitos terão exames enviados ainda nesta segunda ao Lacen;
– três estão em investigação pela Secretaria Municipal de Saúde.

LEIA MAIS: Confira dez perguntas e respostas sobre o coronavírus

Medida
Todos os bebedouros públicos estão sendo isolados pela Secretaria de Transportes, Serviços e Mobilidade Urbana de Santa Cruz do Sul nesta segunda-feira. É uma das medidas anunciadas para combater a propagação do vírus.

Calma e cuidados nesta hora
A Secretaria Municipal de Saúde (Sesa) pede que pacientes com sintomas respiratórios mantenham a calma antes de procurar os serviços de saúde. Quem apresentar sinais leves e se enquadrar nos critérios de suspeita do novo coronavírus – precisa ter entrado em contato com alguém que voltou de um dos países afetados, nos últimos 14 dias, ou deve ter retornado de viagem de um desses locais nas duas últimas semanas – deve ficar em isolamento domiciliar e entrar em contato com a Vigilância Epidemiológica pelo telefone 3715 1546. Só deve ir a unidades de saúde quem estiver com quadros mais graves. No caso de funcionários de empresas com posto médico dentro das instituições, os mesmos devem consultar dentro do próprio local.

A Secretaria Municipal de Saúde reforça que as pessoas fiquem atentas aos sintomas do novo coronavírus para que não confundam com outros problemas respiratórios, entre eles resfriados e rinites, que são comuns neste período.

Veja a seguir as orientações a toda a população:
Agências de viagens de Santa Cruz: devem informar imediatamente a Secretaria Municipal de Saúde (Sesa) sobre a chegada de santa-cruzenses vindos do exterior pelos próximos 15 dias. É garantido o sigilo das informações dos clientes. Um e-mail com nome e telefone de contato deve ser enviado ao e-mail da secretaria (saude@santacruz.rs.gov.br). O Município quer monitorar possíveis casos da doença e a evolução clínica de quem chega à cidade, além de encaminhar orientações específicas.

Quem chegar de viagem do exterior: a recomendação do Ministério da Saúde é de que todos os viajantes devem ficar em isolamento domiciliar por sete dias, a partir da data de desembarque, mesmo que não apresente sintomas. Para quem tiver algum sinal da doença, a orientação é ficar em isolamento por 14 dias. Também devem acionar a Vigilância Epidemiológica pelo telefone 3715-1546 ou o Ministério da Saúde pelo 136.

Agendamento de consultas: pessoas com mais de 60 anos devem fazer agendamentos de consultas de rotina por telefone, diretamente com a sua unidade de saúde.

Receitas médicas: para evitar que pacientes busquem unidades de saúde apenas para renovar receitas médicas, a Secretaria de Saúde vai permitir que as mesmas sejam aceitas pelo prazo de validade de seis meses para medicamentos controlados e 12 meses para os de uso contínuo.

Grupos de idosos, gestantes e atividades no Centro de Convivência da Melhor Idade (CCMI): os encontros foram suspensos.

Bebedouros públicos e em escolas fechados (isolados): a Prefeitura determina que todos os equipamentos sejam desligados e isolados para evitar a propagação de vírus e bactérias.

Cozinhas Comunitárias: terão atendimento de almoço ampliado para evitar aglomerações. A partir desta terça-feira, 17, ocorrem das 10h30 às 12 horas. Nesta segunda, as refeições serão servidas normalmente, mas a partir de amanhã os usuários serão orientandos a ter em mãos seus recipientes para levar seus almoços para casa.

Cartão SUS: a atualização do documento deixa de ser obrigatória, temporariamente, para consultas com especialistas e nos postos de saúde. Para emissão de novos cartões ou diante da necessidade de cirurgias, os documentos só serão emitidos mediante agendamento por telefone 3715-4013.

Velórios: a recomendação é para que as cerimônias de despedidas sejam acompanhadas apenas por familiares e amigos próximos.

Restaurantes e estabelecimentos comerciais: devem ter álcool gel à disposição nos banheiros e/ou caixas.

Fábricas e indústrias: a Prefeitura pede que as empresas ampliem ou alternem o horário de intervalo para evitar aglomerações de pessoas nos refeitórios.

Transporte público e escolar: empresários e concessionários devem reforçar a higienização dos veículos e aumentar a ventilação dentro deles. Também devem disponibilizar álcool gel aos usuários.

Escolas, universidades e centros de educação ou idiomas: devem disponibilizar álcool gel aos frequentadores.

Supermercados: as pessoas devem optar por horários alternativos, com menos movimento, para realizar compras.

Formaturas, festas de aniversários e casamentos: a recomendação é para que se evitem aglomerações e se adiem eventos quando possível. Entretanto, a Prefeitura esclarece que não há proibição.

Casas geriátricas: uma instrução normativa específica será apresentada na semana que vem pela Secretaria de Saúde, após reunião com o Ministério Público.

Farmácias (municipal e do Estado): sempre que possível, idosos devem pedir para familiares ou vizinhos retirarem os medicamentos. Outras medidas também são estudadas para descentralizar as retiradas.

Farmácia Móvel: um novo calendário será divulgado.

Cuidado com idosos: é importante que eles evitem espaços públicos e aglomerações.

Chimarrão: é preciso evitar o compartilhamento da bebida temporariamente.

Férias dos servidores da Saúde: a Administração Municipal irá suspender temporariamente as férias que estavam programadas.

Máscaras: devem ser utilizadas apenas por servidores da Saúde ou diante de orientação de um profissional da área. Pessoas com sintomas devem ficar em isolamento domiciliar. A medida é necessária para evitar uma possível falta do EPI.

UPA, PA e Hospitalzinho: os serviços de urgência e emergência devem ser evitados por pessoas com sintomas respiratórios leves. Esses pacientes devem ficar em casa e entrar em contato por telefone com uma unidade de saúde para receber orientações.

Atendimentos em postos e hospitais: um documento com orientações da Administração Municipal deve ser emitido nesta segunda-feira, envolvendo a ampliação de horários de postos de saúde, atendimentos domiciliares e acesso de pessoas aos hospitais.

Eventos cancelados: nessa sexta-feira, o prefeito Telmo Kirst emitiu um decreto suspendendo por pelo menos 15 dias os eventos da Administração Municipal.

Prevenção: é preciso reforçar os cuidados básicos de higiene, como lavar as mãos com sabão com frequência, usar lenços descartáveis ao espirrar ou tossir, evitar aglomerações de pessoas, evitar levar as mãos ao nariz, boca, ou olhos e deixar ambientes bem ventilados.

Táxis e aplicativos de carona: motoristas devem higienizar os veículos com frequência.

Academias: devem higienizar os equipamentos frequentemente e orientar os esportistas a passarem álcool gel entre a troca de aparelhos;

Ônibus com ar-condicionado: devem andar com as janelas abertas;

Prédios, condomínios e complexos empresariais: devem disponibilizar álcool gel nas áreas de circulação, principalmente no hall de entrada;

Hipermercados e supermercados: devem disponibilizar álcool gel nos caixas a partir desta segunda-feira. Também devem higienizar com frequência os carrinhos dos estabelecimentos.

Cozinhas Comunitárias: terão atendimento de almoço ampliado para evitar aglomerações. A partir desta terça-feira, 17, ocorrem das 10h30 às 12 horas. Nesta segunda, as refeições serão servidas normalmente, mas a partir de amanhã os usuários serão orientandos a ter em mãos seus recipientes para levar seus almoços para casa.

LEIA MAIS: Casos suspeitos de coronavírus em Santa Cruz chegam a nove