ATUALIZAÇÃO 18/03/2020 19h37 Atualizado às 13h01

Santa Cruz do Sul tem 22 casos suspeitos de coronavírus

De 26 notificações que chegaram até a tarde desta quarta, quatro foram descartadas

A Prefeitura de Santa Cruz do Sul atualizou os números de casos suspeitos de coronavírus no município. Até as 17 horas desta quarta-feira, foram 26 notificações, das quais quatro foram descartados. Portanto, 22 casos seguem sob análise. A administração destaca que nenhum caso foi confirmado em Santa Cruz e que pessoas que apresentem sintomas como os da doença devem ter calma e acionar a Vigilância Epidemiológica pelo telefone 3715 1546. Apenas quadros graves, com febre alta e falta de ar, são orientados a procurar hospitais ou unidades de pronto-atendimento.

Segundo o secretário de Saúde, Régis de Oliveira Júnior, todos os monitorados seguem em isolamento domiciliar. “Começamos com o primeiro monitoramento em 22 de janeiro. Estamos aumentando a equipe para poder analisar a evolução dos quadros clínicos”, ressaltou. “Fazemos um apelo para que os médicos da rede particular e conveniados não parem com os atendimentos. Precisamos que a rede de saúde continue funcionando, independente do coronavírus. Os tratamentos precisam seguir e a comunidade não pode ficar desassistida. Vamos enfrentar a pandemia juntos”, complementou Régis.

De acordo com o secretário de Saúde, todos as medidas que a Prefeitura têm anunciado servem para minimizar o impacto do vírus. “Sabemos que em algum momento vamos conviver com a doença na cidade e, para isso, temos que estar preparados para minimizar o impacto. Algumas pessoas podem considerar exagero tudo que estamos fazendo, mas depois podem achar que nossas medidas foram insuficientes”, disse. “Santa Cruz dá exemplo. Estamos conseguindo fazer uma contenção importante.”

LEIA MAIS: Coronavírus: acompanhe as últimas notícias sobre o Covid-19

Mais cedo, também nesta quarta, a Secretaria da Saúde divulgou novas medidas e orientações de prevenção à doença. São elas:

  • Suspensão de todos os atendimentos eletivos da Odontologia a fim de economizar suprimentos;
  • Suspensão das solicitações de exames de rotina e coletas de citopatológico (CP);
  • A Prefeitura também divulgou orientações, mas que podem se tornar obrigatórias, por meio de decreto, dependendo da evolução dos casos.
  • Quermesses devem ser canceladas.
  • Instituições privadas de ensino infantil e adulto devem suspender atividades a partir desta quinta-feira, 19.
  • Academias e centros de saúde e cuidado com o corpo devem ser fechados.
  • Jogos de bocha devem ser suspensos imediatamente.
  • Clubes da terceira idade devem ter atividades canceladas.
  • Bailes e encontros de idosos devem ser cancelados.
  • Cinemas devem cancelar as sessões.
  • Bares, pubs, casas noturnas e clubes sociais devem suspender as atividades.
  • Restaurantes devem adotar medidas alternativas, como serviço de entrega, quando possível, mas não é recomendado fechamento. É preciso reforçar a limpeza do local e de banheiros, além de promover o distanciamento das mesas dos clientes e disponibilizar álcool gel.
  • Postos de combustíveis devem disponibilizar álcool gel nos caixas.
  • Transporte público as janelas de todos os ônibus, táxis e transporte por aplicativo devem estar destravadas e abertas.

A Secretaria da Saúde destacou ainda a orientação para que pessoas que chegarem do exterior fiquem em isolamento domiciliar por sete dias, mesmo que não apresentem sintomas. Os que tiverem sinais da doença devem se isolar por 14 dias.

LEIA MAIS: Confira alterações nos serviços em Santa Cruz do Sul