Santa Cruz 26/06/2020 19h50 Atualizado às 23h46

Coronavírus avança sobre os bairros da Zona Sul da cidade

No Bairro Faxinal Menino Deus, o número de casos da doença teve aumento de 175% em 10 dias

Os casos de coronavírus têm avançado em Santa Cruz do Sul. De acordo com o Observatório do Desenvolvimento Regional da Universidade de Santa Cruz o Sul (Unisc), do dia 15 de junho até essa quinta-feira, 25, o número de infectados aumentou de 113 para 145, o que significa um incremento de 32 novos casos e uma expansão da doença de 28% em 10 dias.

Na região central de Santa Cruz, o avanço é de 15 para 19 casos, ou seja, um crescimento de 26%. Porém, conforme o coordenador do Observatório e coordenador do Mestrado e Doutorado em Desenvolvimento Regional da universidade, Rogério Leandro Lima da Silveira, os casos de coronavírus têm avançado de maneira preocupante para regiões distantes do Centro.

LEIA MAIS: Santa Cruz registra mais três casos de Covid-19


Conforme Silveira, no Bairro Faxinal Menino Deus, na Zona Sul, o avanço da doença, em 10 dias, foi de 175%, com aumento de quatro para 11 casos. Segundo ele, se percebe também um surgimento de casos em localidades que ainda não tinham registros da doença, como nos bairros Várzea, Schultz e Dona Carlota. Na lista do Observatório do Desenvolvimento Regional da Unisc, os bairros Ana Nery, Esmeralda e Goiás apresentam estabilidade nos registros.

Silveira ressaltou que a região sul, historicamente, abriga população de maior vulnerabilidade social e econômica em Santa Cruz. “Essas pessoas, sobretudo, são as que mais precisam de assistência social e de renda complementar. A preocupação aumenta porque nesses locais a forma de prevenção até agora, que é o isolamento social, é muito mais difícil de ser feita”, explica.

LEIA MAIS: Banco de dados auxilia na prevenção ao coronavírus na região


Para o coordenador, a manifestação crescente do novo coronavírus nas regiões periféricas exige uma atenção maior por parte do poder público. “Nós temos uma grande subnotificação. Então olhando só para os dados que são divulgados, pode parecer que temos uma certa estabilidade ou crescimento mais lento, mas quando a gente abre os dados, esse crescimento deveria acender a luz vermelha”, salienta.

O Observatório do Desenvolvimento Regional/Covid-19 objetiva oferecer dados secundários e mapas temáticos, com informações científicas, sobre variáveis sociais, demográficas, de infraestrutura e saúde da população e domicílios dos bairros dos municípios de Santa Cruz do Sul e de Venâncio Aires. A intenção é fornecer informações úteis e ao planejamento de ações e à tomada de decisões para a prevenção e combate à pandemia do novo coronavírus, bem como oferecer informações científicas para o conjunto da sociedade.

LEIA MAIS: ACOMPANHE A COBERTURA COMPLETA SOBRE O CORONAVÍRUS