Mobilidade 17/07/2020 13h32 Atualizado às 15h30

Telmo autoriza início de ciclovia em Linha Santa Cruz

Mais quatro quilômetros de extensão serão construídos na Rua Orlando Oscar Baumhardt

O prefeito de Santa Cruz do Sul, Telmo Kirst, anunciou na manhã desta sexta-feira, 17, o início das obras da ciclovia no Bairro Linha Santa Cruz. Ao todo, serão construídos mais quatros quilômetros de extensão na Rua Orlando Oscar Baumhardt. A expectativa é de que a obra seja concluída até o final de setembro.

“A Prefeitura tem que ser uma mola precursora do desenvolvimento de Santa Cruz. Estamos recebendo R$ 59 milhões da Caixa Econômica Federal. O carro-chefe de empregos e geração de renda serão os investimentos da Prefeitura”, disse o prefeito. Conforme Telmo, o início da obra aguardava apenas que uma canalização de água ficasse pronta pela Corsan. “Essa canalização de água ficou pronta e nós começamos a implantar a preparação do subsolo e o reforço com rachão e brita.”

A ciclovia terá mais quatro quilômetros com 2,5 metros de largura. Segundo Telmo, o trecho deve iniciar na Rua Germano Frantz e percorrer toda a Orlando Oscar Baumhardt até o trevo de acesso de Monte Alverne.

LEIA MAIS: Trecho entre Santa Cruz e Sinimbu pode ter ciclovia

Investimentos em Linha Santa Cruz

O prefeito Telmo Kirst destacou que Linha Santa Cruz é um dos bairros que mais receberam investimentos durante a sua gestão. Dentre as obras, Telmo lembrou da recuperação da subprefeitura, construção de EMEI, conclusão da obra do posto de saúde e ginásio de esportes, além de iluminação pública com lâmpadas de led nas principais vias e parcerias de calçamento em diversas ruas. Conforme ele, o ápice dos investimentos foi a construção do viaduto no trevo Fritz e Frida.

LEIA MAIS: Viaduto mudou a rotina de Linha Santa Cruz

Segundo Telmo, somadas as extensões de ciclovias já existentes em Santa Cruz aos quatro quilômetros projetados para Linha Santa Cruz, o município se torna uma das cidades com maior quantidade de vias específicas para uso de bicicleta no Estado. “Já ultrapassamos 20 quilômetros de extensão e isso é um êxito para quem não tinha nada”, concluiu.

LEIA MAIS: Ciclismo ganha cada vez mais adeptos em Santa Cruz do Sul