REFORÇO 15/09/2020 19h09 Atualizado às 20h46

Aplicativo de transporte vai doar parte dos lucros para a Juju

Serão repassados à campanha 5% do faturamento em Santa Cruz e 2% das corridas de todo o Estado

Um aplicativo de transporte de passageiros passou a integrar a campanha da Ame Juju em Santa Cruz do Sul. A pequena Júlia Cardoso Torres, diagnosticada com atrofia muscular espinhal (AME) tipo 1, precisa de R$ 9 milhões para realizar de um tratamento nos Estados Unidos, com o medicamento mais caro do mundo.

LEIA MAIS: Zolgensma: registro da Anvisa dá esperança a crianças com AME

Para ajudar a campanha, que arrecada recursos para este tratamento, será doada uma porcentagem dos valores pagos nas corridas para a Ame Juju. Conforme os representantes do aplicativo ApMove na cidade, Fábio da Silveira Pereira e Ivam Pereira Gomes, serão doados 5% do faturamento de Santa Cruz do Sul e 2% dos valores referentes às corridas em todo o Estado. Em Santa Cruz, o app começou a operar no dia 15 de agosto e está disponível na Play Store.


“O tempo está passando muito rápido e a Juju precisa disso”, comentou Pereira. A ação deve ser realizada até que a pequena santa-cruzense tenha o valor total para realizar o tratamento.

Quem quiser apoiar a campanha também tem disponíveis os canais tradicionais, elencados no site, e a ação especial do mês de setembro, o Disque Ame Juju, que permite ajudar ligando para os números 0500 2020 005 (para doar R$ 5,00), 0500 2020 010 (para doar R$ 10,00) e 0500 2020 050 (para doar R$ 50,00).

LEIA MAIS
‘Disque Ame Juju’: campanha lança nova forma de doação

Tratamentos são esperança para pacientes de AME; conheça sete casos