Na Unisc 07/11/2019 09h38 Atualizado às 10h06

Circuito de música traz Paulo Nunes e Victor Mendes

A dupla está inserida no Dandô – Circuito de Música Dércio Marques, projeto musical de circulação nacional

Nesta quinta-feira, 7, a partir das 20 horas, no Memorial da Universidade de Santa Cruz do Sul (Unisc), tem show com Paulo Nunes (voz), de Minas Gerais (Patos de Minas), e Victor Mendes (voz, violão e viola caipira), de São Paulo (São José dos Campos). A dupla está inserida no Dandô – Circuito de Música Dércio Marques, projeto musical de circulação nacional que, encampado pela JTI, Núcleo de Arte e Cultura da Unisc, Escolas Família Agrícola de Santa Cruz e Vale do Sol e Sinpro, acabou se configurando em um dos momentos culturais dos mais importantes em nossa região.

Não será cobrado ingresso, mas pede-se uma contribuição consciente de R$ 10,00 para auxiliar na logística. Uma das características do Dandô é o diálogo artístico que promove entre os músicos de fora com os talentos musicais das cidades onde os espetáculos acontecem. Na noite de hoje, por exemplo, Paulo e Victor serão “ciceroneados”, na abertura, pela dupla de violonistas Bruna Eichler e Antônio Gomes.

Letrista e compositor, Paulo e Victor encontraram-se num concerto de música e poesia. Com textos inéditos, Paulo constrói o ambiente poético para as canções compostas por Victor. Inspirada por diversos temas, como a vida na metrópole, a devastação ambiental, o amor e a morte, a apresentação coloca o público em contato com o trabalho dos parceiros, músico e poeta no mesmo palco. Grande parte das canções faz parte do disco Nossa Ciranda, lançado em 2017, com 13 canções, e que estará à venda hoje, no local do show.

A parceria já dura uns dez anos e se deu na capital paulista, resolvendo suas tantas diferenças, como a de geração (Paulo tem 23 anos a mais que Victor). A dupla criou uma identidade artística própria, ainda em formação. Após apresentarem em diversas cidades o show Puisia, com o grupo Trio José, Victor e Paulo se encontram para esse novo projeto.

Paulo Nunes
Nasceu em Patos de Minas, Minas Gerais, em 1965. Formado em filosofia, foi livreiro na Universidade de São Paulo (USP). Poeta e letrista musical, tem textos publicados em diversas revistas e jornais literários. Editou, em 2001, a obra Meu Canto é Saudade, que reúne a produção de Juca da Angélica, expoente da poesia oral do interior de Minas Gerais. Em 2014, lançou o livro O corpo no escuro, pela Cia das Letras. Atualmente, trabalha como produtor cultural e mantém o Instituto Juca de Cultura (IJC), em São Paulo.

Victor Mendes
Victor Mendes nasceu em São José dos Campos, em São Paulo, e começou seus estudos de violão aos 11 anos de idade. Em 2007, começou a estudar viola caipira e entrou em contato com Saulo Alves (compositor) e Paulo Nunes, participando do disco Desaboio (2014). Em 2009, Mendes criou o grupo Trio José e lançou o disco Puisia, em 2014, musicando os poemas do poeta Juca da Angélica. Atualmente ele trabalha na divulgação de seu primeiro disco solo, Nossa Ciranda. Também acompanha a cantora Karine Telles no show Canção Amiga.