Boa leitura 24/03/2020 08h21 Atualizado às 09h08

Escritores locais disponibilizam livros de maneira gratuita

Arquivos são enviados em PDF por email. Ideia surgiu para incentivar a leitura durante a quarentena

Como há males que motivam o bem, momentos difíceis impulsionam gestos de solidariedade que podem ficar marcados por toda uma vida. E como o período é de uma maior introspecção, de ficar em casa, de quarentena, resguardado, dois escritores locais – Demétrio de Azeredo Soster e Eduarda Bringmann – tiveram a feliz ideia de disponibilizar livros seus, autorais, de forma a serem solicitados os arquivos no formato Portable Document (PDF) por e-mail e sem ônus algum aos interessados. “Está repercutido pra caramba”, comemora Soster. “Já mandei PDF para o México, para a Argentina e para a Itália, sem contar os dos arredores.”

Ele é proprietário de uma editora, a Catarse, que tem postado a seguinte mensagem nas redes sociais: “A Editora Catarse, sensível à necessidade de isolamento físico nestes dias de coronavírus, e solidária aos que se enquadram na categoria ‘grupos de risco’, oferece gratuitamente cópias em PDF do livro Operação Carretera Austral pelo período em que houver quarentena.”

O livro corresponde ao relato de uma viagem de bicicleta de 1,8 mil quilômetros que Soster fez pelas patagônias argentina e chilena em 2019, passando, no caminho, pela mítica Carretera Austral. Basta mandar um e-mail para contato@editoracatarse.com.br, identificar-se, dizer sua idade, profissão e endereço postal para que você receba uma cópia por e-mail. Também gratuitamente, pelo Youtube, está disponível o documentário homônimo, que conta, em vídeo, como foi que transcorreu esta incrível aventura.

“Sobretudo”, comentou Soster, “desejamos que esta crise passe logo e que saiamos dela mais que fortalecidos, e com saúde; em paz.” Ele é o Escritor Homenageado da Feira do Livro deste ano, prevista para acontecer entre 4 e 10 de maio, na Praça Getúlio Vargas.

Ficção
Eduarda Bringmann está fazendo o mesmo com as suas duas obras, Contos enigmáticos e O portal de Hades, “para que as pessoas possam ler e se distrair durante o período de quarentena causado pela Covid-19”, disse ela. E acrescentou: “Como são leituras fáceis e instigantes, acredito que cumprirão seu papel, enquanto eu utilizo esse tempo para escrever a continuação de O portal de Hades.”

Os exemplares em PDF deverão ser solicitados por e-mail (eduardabringmann@yahoo.com.br), WhatsApp (51) 9 8283 2740, ou Facebook. Contos enigmáticos tem como personagens assassinos, psicopatas e antirreligiosos. São contos curtos, “para um assombroso mergulho nas piores situações já vistas”, alerta a autora. “Mesmo no papel, são capazes de tirar o seu sono.” Já O portal de Hades conta a história de Emma, a filha do meio de uma família bastante religiosa. Durante a busca incessante para encontrar a irmã mais velha que desapareceu, ela acaba descobrindo que está… morta.


“O misto de horror, angústia e tristeza faz com que a protagonista busque os lados mais sombrios para realizar o seu último desejo: conversar com a irmã,” explica Eduarda. Desta forma, Emma acaba abrindo os seis portais do inferno, sendo que cada um representa um demônio. “Se quiser sobreviver, ela terá de descobrir quem é o rei das trevas.” No mínimo instigante, não é mesmo?

LEIA MAIS: ACOMPANHE A COBERTURA COMPLETA SOBRE O CORONAVÍRUS