Close sidebar

Rádios ao vivo

Leia a Gazeta Digital

TRIBUNA

À frente

Não foi por acaso a presença da prefeita Helena Hermany (PP) na reunião especial da Câmara que discutiu a polêmica da UTI pediátrica essa semana. Decidida a não permitir que o município perca leitos, Helena puxou para si o assunto. Reuniu-se com representantes do Hospital Santa Cruz na sexta-feira e irá conversar com a secretária estadual de Saúde, Arita Bergmann, na segunda. Já na terça, irá pessoalmente à audiência convocada pelo Ministério Público Federal.

Ninguém toca

Embora uma ação judicial tenha sido cogitada, interlocutores do Palacinho estão confiantes de que irão conseguir um acordo. A Prefeitura não vai se opor à abertura da nova UTI em Venâncio Aires, mas defenderá que não se mexa na estrutura atual de Santa Cruz.

Pioneira

A UTC Brasil deve ser a primeira empresa a se valer da nova política de incentivos da Prefeitura de Santa Cruz, instituída em março. A principal novidade da lei é a possibilidade de restituição de parte do ICMS recolhido por empreendedores que investirem no município. A empresa anunciou, no início do ano, a decisão de transferir sua unidade de processamento, atualmente em Venâncio Aires.

Proposta

Após abrir inquérito para investigar o ex-secretário de Administração Vanir Ramos de Azevedo por prevaricação no caso da expulsão de Helena Hermany (PP) de seu gabinete, em março de 2019, o Ministério Público vai propor transação penal. Vanir foi quem comunicou Helena, à época vice-prefeita, sobre a determinação do então prefeito Telmo Kirst (PP) para que desocupasse o gabinete que ela ocupava no Ginásio Poliesportivo – episódio que foi o estopim do rompimento político de Telmo e Helena.

Nada a declarar

A proposta envolve prestação de serviços à comunidade ou pagamento de salários-mínimos. Procurado pela coluna, Vanir disse não ter conhecimento do assunto. “Só vou me manifestar, se for o caso, após oficialmente notificado, mas apenas lembrando que a transação penal é proposta exatamente porque ainda não há nenhuma sentença condenatória”, alegou.

Ex-prefeitos

O ex-deputado Sérgio Moraes (PTB) contou, em entrevista à Rádio Gazeta, que passou dois meses em Alagoas a convite de um grupo político que se prepara para disputar o governo estadual e o chamou para ajudar a articular uma base política. “Percorri quase todos os municípios e falei com praticamente todos os prefeitos”, disse.

Essa semana, integrantes do grupo, incluindo o pré-candidato a governador Antonio Albuquerque, passaram por Santa Cruz e Sérgio levou-os ao Palacinho, onde foram recebidos pela prefeita Helena Hermany (PP). Na ocasião, Sérgio e o secretário municipal de Obras, Edmar Hermany (PP), posaram juntos diante de seus retratos na galeria de ex-prefeitos.

LEIA MAIS COLUNAS DE PEDRO GARCIA

Aviso de cookies

Nós utilizamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdos de seu interesse. Para saber mais, consulte a nossa Política de Privacidade.