Close sidebar

Rádios ao vivo

Leia a Gazeta Digital

Santa Cruz

Acidente deixa um morto e um ferido no Distrito Industrial

ATUALIZADO ÀS 21H02

Um homem morreu em um acidente de trânsito na tarde desta quarta-feira, 27, na BR-471, no Distrito Industrial, em Santa Cruz do Sul. De acordo com informações preliminares, o condutor de um Fluence, com placas de Sinimbu, tentava atravessar a rodovia, na altura do trevo entre a Philip Morris e a TC Catedral, quando foi atingido por um caminhão, que seguia no sentido Santa Cruz-Rio Pardo. O veículo estava carregado com pedras. 

O caminhoneiro disse que tentou desviar, mas mesmo assim acabou atingindo a lateral do automóvel. O caminhão teria andado mais cerca de 100 metros. O motorista do Fluence, identificado como Renê Bugs, de 52 anos, morreu e a caroneira, Nilva Luisa Backes, 51, ficou ferida.

A mulher foi removida pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) para o Hospital Santa Cruz. Conforme a assessoria de comunicação do HSC, Nilva foi internada na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) e está em estado grave. O corpo de Bugs foi encaminhado para o Departamento Médico Legal (DML) de Cachoeira do Sul. Até as 21 horas desta quarta, não havia previsão de horário e local para velório e sepultamento. 

O trânsito no local ficou em meia pista para retirada dos veículos e das vítimas. A Brigada Militar, o Corpo de Bombeiros e a Fiscalização de Trânsito atenderam a ocorrência. 


Renê Bugs morreu no acidente
Foto: Reprodução

LEIA TAMBÉM: 

Motociclista ferida em acidente na BR-471 está internada na UTI
Motorista morre em colisão frontal com caminhão na BR-471
Após 20 dias internado, morre vítima de acidente na BR-471
Novo trevo da morte está mais perto de ter uma solução

 

A VÍTIMA

Bugs trabalhava como representante comercial da empresa Plastrela, do município de Estrela, no Vale do Taquari, mas sua paixão mesmo era o futebol. Ele era uma figura conhecida nos campeonatos amadores da região. Quando ainda era jovem, participava das competições como jogador, mas, atualmente, preferia treinar equipes. Durante este ano, esteve à frente do Badanha, time que participava da Série A do Campeonato de Futebol Sete do União Corinthians. Em edições anteriores, treinou outras equipes amadoras, como o Grêmio Esportivo Sinimbu, do município que leva o mesmo nome, time que participa do Campeonato Regional. 

Durante o ano, ele e alguns amigos montaram o time Trianon para participar da categoria Veteranos do Campeonato Municipal de Futsal de Sinimbu. Goleiro, ele era a figura mais extrovertida da equipe. “Vamos fazer uma homenagem pra ele. No jogo da semifinal, em janeiro, vamos colocar uma faixa com a imagem dele. Ele merecia”, conta o treinador, Leonardo Gressler. Pelos amigos, Bugs era considerado uma pessoa de bem com a vida e querido por todos. 

Ele estava há 25 anos com Nilva, com quem viajava no carro, e o casal não tinha filhos. Segundo os amigos, Bugs gostava de reunir a turma. “Ele estava instalando uma piscina e um quiosque na casa dele. Estávamos planejando a inauguração caso fôssemos campeões”, finaliza.


Fotos: Bruno Pedry

Mais sobre

Aviso de cookies

Nós utilizamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdos de seu interesse. Para saber mais, consulte a nossa Política de Privacidade.