Rádios ao vivo

Leia a Gazeta Digital

PARCERIA

Agroindústrias familiares do Vale do Rio Pardo agora têm rótulos próprios

Uma parceria entre a Universidade de Santa Cruz do Sul (Unisc), Arranjo Produtivo Local (APL) e a Emater/RS-Ascar está beneficiando produtores e agroindústrias familiares do Vale do Rio Pardo. Por meio do Curso de Comunicação Social, alunos da graduação em Publicidade e Propaganda desenvolvem em sala de aula a identidade visual e os rótulos dos produtos que serão posteriormente comercializados nas feiras rurais e em supermercados da região, agregando valor às marcas, sem gerar custos aos beneficiados.

Conforme Rudinei Kopp, professor responsável pelo projeto na universidade e supervisor dos alunos, os benefícios são muitos. “Até então, eram embalagens muito simples. Com uma boa embalagem, conseguimos mostrar todo o bom trabalho que eles estão fazendo nas suas propriedades”, ressalta.

O destaque à qualidade da produção local e familiar, muito fortes no Vale do Rio Pardo, é o principal objetivo na confecção dos rótulos e também no plano de marketing desenvolvido para essas pequenas empresas. Entidade que auxilia e dá suporte à agricultura familiar no Rio Grande do Sul, a Emater/RSAscar foi a responsável por intermediar as conversas entre as agroindústrias e a universidade.

“Nossa parceria só tende a gerar bons resultados ao público beneficiário, nesse caso, as agroindústrias familiares do Vale do Rio Pardo”, enfatiza o gerente regional adjunto da Emater/RS, Carlos Corrêa da Rosa. Ele acrescenta que, em tempo de escassez de recursos financeiros, a união de esforços é a melhor forma de potencializar os resultados.

Ainda em fase inicial, a parceria já beneficiou três empreendimentos na região. Um deles é a agroindústria familiar das irmãs Anne e Daniela Eichnerr. Localizada no distrito de São José da Reserva, em Santa Cruz do Sul, ela produz pães, bolos, cucas, ninhos de abelha e bolachas de variados sabores para comercialização nas feiras rurais do município.

Outro empreendimento beneficiado é a Conservas Coutinho, de Vila Palanque, Venâncio Aires, conduzido por Marilene Coutinho Mees. Com a nova embalagem, além dos ingredientes e da tabela nutricional, a marca própria é mais uma forma de destacar-se entre tantos produtos disponíveis.

LEIA TAMBÉM
Feiras rurais impulsionam economia em Santa Cruz do Sul
Cancelamento de eventos agrava crise no setor da agricultura familiar

Também beneficiada pela parceria, a Embutidos Thier, localizada em Linha São João, interior de Sinimbu, já possui os novos rótulos para os produtos, entregues na semana passada. A agroindústria da família Thier produz aproximadamente 400 quilos semanais de linguiça de carne resfriada, defumada e congelada.

Além da nova identidade visual, o empreendimento recebeu o selo Sabor Gaúcho, emitido pela Secretaria Estadual de Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural (Seapdr). O selo, também presente na embalagem, serve para identificar a produção das agroindústrias familiares participantes do Programa Estadual de Agroindústrias Familiares (Peaf).

LEIA MAIS: Quatro agroindústrias da região recebem Selo Sabor Gaúcho

Novos rótulos foram entregues na semana passada | Foto: Divulgação

Mais sobre

Aviso de cookies

Nós utilizamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdos de seu interesse. Para saber mais, consulte a nossa Política de Privacidade.