Rádios ao vivo

Leia a Gazeta Digital

CORONAVÍRUS

Apenas 3% dos testes feitos na Unisc em outubro tiveram resultado positivo para a Covid-19

Foto: Divulgação/Secom

Em boletim divulgado nessa segunda-feira, 25, Santa Cruz do Sul tem 59 pacientes com o vírus ativo da Covid-19 no organismo. A última morte foi registrada na sexta, 22, totalizando 340 óbitos desde o começo da pandemia. No entanto, os números de agora são considerados baixos se comparados com meses anteriores, de muitos casos positivos, como em fevereiro deste ano, por exemplo.

“Em fevereiro, 56% das testagens feitas na Unisc deram positivo, principalmente, para a variante Gama, a P1. Isso tem a ver com a entrada dessa variante, com uma quantidade de vírus maior, que acaba transmitindo mais”, disse a diretora de Inovação e Empreendedorismo da Unisc, Andreia Valim, em entrevista à Rádio Gazeta 107,9 FM na manhã desta terça-feira, 26.

LEIA TAMBÉM: Falta de doses reduz oferta de vacinas em Santa Cruz

Depois disso, ocorreu a chegada da variante Delta, que não teve um impacto tão grande no Estado como se temia. Andreia acredita que seja por conta da vacinação. “A Delta tem uma carga viral mais elevada, mas não teve o impacto como a Gama. Acredito que seja pela forte imunização que iniciou naquela época, foi feita de forma escalonada, com vários tipos de imunizantes, o que deu uma resposta imunológica alta, podendo conter a variante por causa dos níveis de anticorpos. Sem a imunização, teríamos mais óbitos, inclusive com crianças tendo sintomas severos por causa da Delta.”

A expectativa de Andreia é que, daqui pra frente, os números continuem baixando. Desde o começo da pandemia, a Unisc realiza uma média de 800 exames por mês. São exames feitos em equipamentos sofisticados e com uma equipe especializada. A queda nos casos positivos começou em junho, quando foi registrado que 24,70% das testagens feitas na Unisc deram resultado reagente para o vírus. Nas amostras de setembro, por exemplo, foram 776 sendo que 5,15% deram positivo, sendo quase todas Delta.

LEIA MAIS: Estudo confirma avanço da variante Delta no Estado e presença em Santa Cruz

“A parcial do mês de outubro aponta 3,43% casos positivos. Encaminhamos na sexta uma nova remessa e acreditamos que todos os casos positivos sejam da variante Delta. Ainda temos hospitalizações, óbitos, mas o positivo disso tudo é que são números cada vez menores. O nosso país é um país que aderiu à vacinação e isso tem ajudado bastante no combate à doença.”

Colaborou o jornalista Ronaldo Falkenback

LEIA MAIS: ACOMPANHE A COBERTURA COMPLETA SOBRE O CORONAVÍRUS

Quer receber as principais notícias de Santa Cruz do Sul e região direto no seu celular? Então faça parte do nosso canal no Telegram! O serviço é gratuito e muito fácil de usar. Se você já tem o aplicativo, basta clicar neste link: https://t.me/portal_gaz. Se ainda não usa o Telegram, saiba mais sobre o app aqui e veja como baixar.

Aviso de cookies

Nós utilizamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdos de seu interesse. Para saber mais, consulte a nossa Política de Privacidade.