Rádios ao vivo

Leia a Gazeta Digital

Pandemia

Cai o número de mortes e de internações no Estado por Covid-19

Foto: Andrea Rego Barros

A Secretaria Estadual da Saúde (SES) confirmou nesse domingo, 11, mais 17 óbitos em decorrência da Covid-19 no Rio Grande do Sul. O número é cerca de quatro vezes inferior aos registros do domingo de Páscoa. No sábado, foram 85 vítimas. Com isso, o total de óbitos, desde o começo da pandemia, chega a 21.881, com uma média móvel de 197 mortes nos últimos sete dias.

O índice é o menor registrado desde as últimas semanas, quando a média se mantinha acima de 200. Antes disso, em 12 de março também houve uma redução na média, que chegou a 195. Em comparação com duas semanas atrás, houve uma baixa de 26% na média, o que representa tendência de queda nos óbitos. Já o número de novos casos positivos atingiu 999, totalizando 891.554 pessoas infectadas.

LEIA TAMBÉM: Relatório mostra redução na proporção de positivos entre testados em Santa Cruz

Os dados da SES apontam que 13.133 pessoas são acompanhadas com suspeita de Covid e outras 856.467 estão recuperadas, o que representa 96% do total. A ocupação em leitos de UTI na tarde de ontem no Estado era de 92,4%, com 3.154 pacientes internados em 3.411 leitos. Em leitos clínicos, havia 8.088 pacientes (41,7%). A taxa de uso de respiradores chegava a 68%, com 3.411 aparelhos ocupados.

O painel estadual indicava ainda que, das 21 regiões de monitoramento da Covid-19, apenas cinco estavam com os hospitais atendendo mais pacientes do que a capacidade geral. São elas Cachoeira do Sul (160%), Uruguaiana (115%) Santa Cruz do Sul (115%), Lajeado (109%) e Palmeira das Missões (102%).

No Hospital Santa Cruz, conforme informava o painel por volta das 21h45 de domingo, a ocupação na UTI era de 130,4%. Já nos leitos clínicos, a ocupação chegava a 70,7%. Conforme a instituição, o estoque de oxigênio e de medicamentos e sedativos está dentro do normalidade. Nesse domingo, não havia nenhum paciente à espera de leito.

LEIA TAMBÉM: Com 2.535 mortes em 24 horas, Brasil registra 350 mil óbitos por Covid-19

No Hospital Ana Nery, a taxa de ocupação de leitos de UTI alcançava, de acordo com o painel, 122,2% na UTI e 266% em leitos clínicos. O estoque de oxigênio e de medicação também se mantinha sob controle, conforme a casa de saúde.

Já no Hospital São Sebastião Mártir, em Venâncio Aires, a ocupação da UTI era de 69,6%, enquanto nos leitos clínicos a taxa chegou a 75,9%. O presidente da casa de saúde, Luciano Spies diz que a redução no número de pessoas internadas nas últimas semanas vem sendo significativa. “Chegamos a ter 104% pacientes internados no hospital, sendo que 86 eram Covid. Os números reduziram bastante, praticamente caíram pela metade. Em outros dias, a UTI chegou a ter perto de 30 pacientes e agora estamos com 19. Com isso, nossa estrutura está atendendo tranquilamente a toda a demanda”, destaca.

LEIA TAMBÉM: Total de óbitos em Santa Cruz cresceu 43% em 2021, até a metade de março

Na instituição, há preocupação com a disponibilidade de sedativos. “Recebemos algumas doses que vieram através do Exército, enviadas pela União, e dá um certo alívio para os próximos dias. Neste momento não está nos faltando, mas a gente trabalha com uma margem bem reduzida de estoque para poucos dias”, observa. No que toca a respiradores, a taxa de ocupação nos hospitais é de 132% no HSC, 116,7% no Ana Nery e 87% no São Sebastião Mártir.

Vacinação
O Rio Grande do Sul já imunizou 1.716.687 pessoas com a primeira dose da vacina (33,8%), enquanto 387.498 já receberam a segunda dose do imunizante (7,6%). Os dados são do painel de acompanhamento mantido pela Secretaria Estadual da Saúde.

LEIA MAIS: ACOMPANHE A COBERTURA COMPLETA SOBRE O CORONAVÍRUS

Mais sobre

Aviso de cookies

Nós utilizamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdos de seu interesse. Para saber mais, consulte a nossa Política de Privacidade.