Rádios ao vivo

Leia a Gazeta Digital

MÚSICA

Cantora Maysa faria 85 anos neste domingo

Foto: Acervo Arquivo Nacional | Fundo Correio da Manhã

Quando tinha apenas 25 anos de idade, a cantora Maysa passaria a ser conhecida como uma das vozes mais expressivas da bossa nova com o LP Barquinho (1961). Mas, de sua interpretação marcante, passou a ser reconhecida pelas canções também que falavam de amor, na célebre interpretação de Eu Sei que Vou Te Amar (de Vinícius de Moraes) ou na dor, em Meu Mundo Caiu. A estrela,ainda em seu auge, com apenas 40 anos de idade, morreu em um acidente na Ponte Rio-Niterói. A morte precoce chocou o país. Se estivesse viva, faria, neste domingo, 6, 85 anos de idade.

Maysa nasceu numa família tradicional do Espírito Santo. Era filha de Alcebíades Guaraná Monjardim, e Inah Figueira Monjardim, e possuía um único irmão. Casou-se aos dezoito anos em uma grande cerimônia na Igreja da Sé com seu noivo, o empresário André Matarazzo, amigo de sua família há muitos anos, e dezessete anos mais velho que a cantora, por quem ela era secretamente apaixonada desde adolescente. Após o matrimônio, passou a assinar Maysa Monjardim Matarazzo. Com pouco tempo de casados, nasceu Jayme Monjardim Matarazzo, diretor de cinema e telenovelas. Separou-se do marido em 1957.

LEIA TAMBÉM: Mostra de cinema América Negra traz 35 produções de dez países

Durante os anos 60, Maysa aprimorou constantemente a técnica vocal, registrando em discos de grande qualidade técnica o auge de sua carreira. A partir de 1960, empreendeu inúmeras excursões pelo mundo, se apresentando em vários países, além de aderir ao movimento da Bossa Nova, com o qual pode expandir referências musicais

Em 1970, Maysa lança o álbum Ando Só numa Multidão de Amores, que não obteve sucesso de público. Maysa passou então a investir na carreira de atriz e já em 1971 estreou na telenovela O Cafona, da Rede Globo, interpretando Simone, seu alter-ego. Por esse papel, Maysa acabou ganhando o prêmio de Coadjuvante de Ouro. No mesmo ano, integrou o elenco da telenovela Bel-Ami da TV Tupi, interpretando Márica, mas abandonou a produção. Ela ainda montaria o espetáculo teatral Woyzeck de George Büchner.

LEIA TAMBÉM: As irmãs santa-cruzenses que são vanguarda da audiodescrição

Após algumas temporadas em boates do Rio de Janeiro e São Paulo, desde o fim de 1972, Maysa se afasta do meio artístico e vai morar em uma casa de praia, localizada no município de Maricá, litoral fluminense. Lá, morou até o fim da vida, na maior parte em companhia do namorado, o ator Carlos Alberto. Durante este período, quase não gravou discos nem fez shows, fazia poucas aparições na mídia e reservava suas aparições a participações especiais, como no Fantástico e no Brasil Especial, da TV Globo.

Realizou alguns dos últimos shows de sua carreira na boate Igrejinha, localizada em São Paulo, em 1975. A temporada, pouco tempo depois, ficaria marcada como “a turnê do adeus”. Em 22 de janeiro de 1977, Maysa pegou seu carro e voltou para Maricá, onde morava havia alguns anos, quando um terrível acidente automobilístico na Ponte Rio-Niterói deu fim à sua vida.

Dentre as canções memoráveis: OuçaMeu Mundo CaiuTarde TristeRespostaAdeusFelicidade InfelizDiplomacia e O Que? (todas de sua autoria) e mais: Ne Me Quitte PasChão de EstrelasDindiPor Causa de VocêSe Todos Fossem Iguais a VocêEu Sei Que Vou Te AmarFranquezaEu Não Existo Sem VocêSuas MãosBouquet de IzabelBronzes e CristaisBom Dia TristezaNoite de PazCastigoFim de CasoO BarquinhoFim de NoiteMeditaçãoAlguém me DisseCantiga de Quem Está SóA FelicidadeManhã de CarnavalHino ao Amor (L’Hymne a L’Amour)DemaisPreciso Aprender a Ser SóCanto de OssanhaTristezaAs Mesmas HistóriasDia das RosasSe Você PensaPra Quem Não Quiser Ouvir Meu CantoLight My FireChuvas de VerãoBonitaAs Praias DesertasBloco da SolidãoTema de Simone e Morrer de Amor.

* Com informações da Agência Brasil

LEIA TAMBÉM: VÍDEO: Coersch tem música selecionada para maior playlist do gênero indie do Spotify

Aviso de cookies

Nós utilizamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdos de seu interesse. Para saber mais, consulte a nossa Política de Privacidade.