Rádios ao vivo

Leia a Gazeta Digital

Sinimbu

Churrasco de cabrito é atração na Exposin

O almoço do cabrito já virou tradição na Feira Comercial, Industrial e Agropecuária de Sinimbu – Exposin. Ainda na noite de segunda-feira, 200 quilos de carne foram temperados e deixados em descanso para, na manhã de ontem, serem servidos a um público de mais de 400 pessoas no pavilhão da Comunidade Católica Nossa Senhora da Glória. Em conjunto com a equipe de assadores que deu forma à churrascada, um grupo de mulheres foi responsável pelos acompanhamentos, totalizando 14 pessoas nos bastidores da cozinha.

Segundo o tesoureiro da Câmara de Comércio, Indústria e Serviços (Cacis) de Sinimbu e um dos organizadores do almoço, João Paulo Swarowsky, a preparação da carne de cabrito é mais simples do que parece. “Não tem segredo, a dica é temperar um dia antes, assar em fogo baixo e servir bem passada, no máximo suculenta”, revelou. Na ala dos acompanhamentos, a responsável, Tatiane Conrad, conta que a mistura de doce com salgado não pode faltar. “Além do arroz e das saladas, costumamos servir frutas, cucas e este ano incluímos a batata-doce, que também é muito apreciada.” Todos os produtos utilizados são adquiridos por meio da Emater ou diretamente com os agricultores.

Para a empresária Rose Bern-hard, cuja empresa familiar tem uma história de 123 anos no município, o momento é de prestigiar a comunidade ao lado do marido e dos filhos. “Viemos todos os anos. Além da comida ser muito boa, acho que é importante valorizar o trabalho e o esforço realizado pelas pessoas daqui.” O almoço teve como trilha sonora o show de violino da Família Erthel, seguido da apresentação da Banda Olímpia. Mais tarde, às 18 horas, a Orquestra de Venâncio Aires se apresentou no lonão, e o encerramento oficial aconteceu por volta das 20 horas.


Evento que já é tradicional na Feira Comercial, Industrial e Agropecuária atraiu público expressivo
 

Estimativa de 20 mil pessoas durante a festa

Durante os cinco dias da Feira Comercial, Industrial e Agropecuária de Sinimbu (Exposin), a estimativa é de que 20 mil pessoas tenham passado pelo evento. Segundo a organização, os dias de maior movimento foram o sábado e o domingo. Já o baile com maior público ocorreu na segunda-feira, véspera do feriado, comandado pelas bandas Rainha Musical e Adiscoathi. 

Para a próxima edição, o presidente da Câmara de Comércio, Indústria e Serviços (Cacis), Carlos Backes, afirma que algumas novidades serão propostas. Uma das sugestões é que a escolha das soberanas do município, que ocorre a cada dois anos, seja realizada dentro da Exposin. Além disso, a Cacis pretende fazer um resgate dos jogos germânicos, com a etapa final das competições municipais programada para ocorrer dentro da feira. Reforçar a agricultura familiar e valorizar ainda mais os produtos locais também são objetivos que devem ser atingidos.

Mais sobre

Aviso de cookies

Nós utilizamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdos de seu interesse. Para saber mais, consulte a nossa Política de Privacidade.