Tribuna 28/11/2020 17h16

Ela só quer paz

Nos últimos dias, conversou com diversos vereadores eleitos e também com líderes da comunidade, como a reitora da Unisc, Carmen Lúcia de Lima Helfer

Ao mesmo tempo em que prepara o governo – ela já sondou possíveis integrantes do secretariado –, a prefeita eleita, Helena Hermany, empenha-se em transmitir uma imagem de diálogo. Nos últimos dias, conversou com diversos vereadores eleitos e também com líderes da comunidade, como a reitora da Unisc, Carmen Lúcia de Lima Helfer.

Tesoura
A equipe de Helena já bateu o martelo quanto à redução de duas secretarias municipais. Com isso, o número de pastas deve passar de 15 para 13. Na prática, serão poupados três salários de secretário, já que o vice vai assumir o Planejamento.

Sem volta
O vereador Gerson Trevisan (PSDB) garante que sua candidatura a deputado estadual em 2022 está encaminhada. Segundo ele, a dobradinha com Lucas Redecker (PSDB) já está acertada.

Desabafo
Em entrevista à Rádio Gazeta durante a semana, o vereador Carlão Smidt fez um desabafo sobre a decisão do PSDB de abrir mão de uma candidatura própria à Prefeitura neste ano e coligar com o PTB. Carlão disse ter migrado para o partido com a informação de que 80% do diretório era favorável a uma candidatura tucana. Porém, “de forma estranha”, isso mudou na noite da convenção. “Na minha vida política, foi a maior dor no coração que senti. O fatídico e inesquecível 16 de setembro”, afirmou.

Pegou bem
A notícia de que a eleição para a Assemp terá chapa única, encabeçada pelo empresário Fábio Borba, foi bem recebida pela equipe de Helena Hermany, que vê esse nome com simpatia. O atual presidente é Léo Schwingel, cuja relação com a família Hermany esfriou nos últimos anos.

De saída
Depois de perder a vaga na Câmara porque o partido não atinguiu o quociente eleitoral, Ari Thessing pode deixar o Cidadania em breve. Thessing vem mantendo conversas com o PL, partido do vice-prefeito eleito Elstor Desbessell. Não está descartada uma candidatura a deputado em 2022.

Banho-maria
Com o entendimento de que Régis de Oliveira Júnior deve se afastar da presidência do PSD, é forte a possibilidade de o vereador Luizinho Ruas assumir o posto.

LEIA MAIS COLUNAS DE PEDRO GARCIA