ESTIAGEM 02/01/2020 21h50 Atualizado às 08h40

FOTOS: seca revela bancos de areia do Rio Pardo

Nível do Rio Pardinho também está baixo

O leito do Rio Pardo está com bancos de areia expostos em diversos trechos em consequência do período de estiagem. Na ponte velha que liga a zona urbana de Rio Pardo à Várzea do Camargo, galhos de árvores se acumulam nas pilastras e impedem o fluxo normal de água. Moradores relatam que o nível chegou a estar mais baixo, antes da chuva registrada na terça-feira.

Com mais de 100 quilômetros de extensão, o Rio Pardinho também mostra sinais de escassez em seu curso d’água. Morador do distrito santa-cruzense de mesmo nome, Cesar Luis Gressler diz jamais ter visto o nível do rio no patamar em que está. “Tenho 49 anos e vivo aqui desde que nasci. Jamais vi o nível tão baixo”. Além da estiagem, irrigação de lavouras pode estar contribuindo para a baixa no rio.

Leia reportagens completas na Gazeta do Sul desta sexta-feira, 3.