Rádios ao vivo

Leia a Gazeta Digital

covid-19

“É inaceitável. Temos que vacinar nossas crianças”, afirma secretária sobre mortes infantis

A secretária estadual de Saúde, Arita Bergmann, concedeu entrevista à Rádio Gazeta 107,9 FM, na manhã desta sexta-feira, 28. Ela aproveitou a oportunidade para alertar sobre a necessidade de se manter os cuidados em relação à pandemia de coronavírus, como a utilização da máscara, aplicação de álcool em gel e manutenção de distanciamento social. O motivo seria a aceleração de contaminação constatada no Estado nas últimas semanas. “Nada se compara com o que vivemos, em relação aos números de casos por dia”, avaliou.

O Rio Grande do Sul saltou de 2 mil casos por semana, em dezembro, para 83 mil em janeiro. Somando os últimos sete dias deve se chegar a 140 mil contaminações. “Se tem mais casos, mesmo que o número de internações seja menor proporcionalmente, como temos muitos casos, acaba internando muita gente. Essa curva está nos preocupando, em especial, na questão dos óbitos”, reforçou com uma ressalva: estão acontecendo mortes de crianças. “É inaceitável. Temos que vacinar nossas crianças”, indicou.

De acordo com a secretária, o número de registros de crianças vacinadas em Santa Cruz do Sul está muito baixo. “A vacina é segura, é proteção. Evitem que as crianças tenham Covid e acabem tendo que ir para o hospital”, disse. Dados do Município apontam que foram aplicadas 289 doses desde a inclusão desse público na campanha. Em visita à Estratégia Saúde da Família do Bairro Arroio Grande, nesta sexta-feira, a prefeita Helena Hermany reforçou a importância da imunização infantil. “A vacinação é um ato de amor, é a única forma de manter nossas crianças livres desse vírus e o jeito mais rápido de caminharmos de uma vez por todas para o fim da pandemia.”

ACOMPANHE A COBERTURA COMPLETA SOBRE O CORONAVÍRUS

Aviso de cookies

Nós utilizamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdos de seu interesse. Para saber mais, consulte a nossa Política de Privacidade.