Rádios ao vivo

Leia a Gazeta Digital

44ª EDIÇÃO

“É um momento importante, de retomada”, diz presidente da Emater/RS durante a Expointer

Foto: Alencar da Rosa

Espaço da Emater está consolidado há seis anos no parque

Mais de 18 mil pessoas já passaram pela Expointer nos primeiros dias do evento. A equipe da Gazeta acompanha a movimentação no Parque de Exposições Assis Brasil, em Esteio, nesta segunda-feira, 6, o terceiro dia da feira. Um dos locais com maior procura é o da Emater/RS-Ascar. A temática geral do espaço neste ano é a Assistência Técnica e Extensão Rural e Social (Aters) contribuindo com o Desenvolvimento Rural em tempo de pandemia.

“É o primeiro evento público pós-pandemia na maior feira aberta da América Latina. É um momento importante, de retomada. Precisamos conviver com essa situação e que as coisas voltem à normalidade ou o mais próximo do que era antes”, define o o presidente da Emater/RS, Edmilson Pedro Pelizari.

≥≥≥CLIQUE AQUI E CONFIRA A 21ª EDIÇÃO DO JORNAL DA EMATER – ESPECIAL EXPOINTER 2021

Ele acrescenta que o agronegócio não parou durante a pandemia. “Foi a atividade que segurou a economia, colocou a comida na mesa do povo. Certamente a feira tem um papel importante para fazer com que a retomada aconteça e se possa continuar com as atividades como ocorriam.”

O espaço da Emater apresenta piscicultura; plantas medicinais; horticultura, produção de grãos no aspecto secagem, armazenagem e controle; cuidados com pulverizações; tendências para quem gosta de abelhas e deseja lucrar com a venda de mel e subprodutos no espaço Caminhos do Mel; entre outros.

Região na agricultura familiar

Dentre os espaços para visitação na Expointer, um dos mais movimentados é o da agricultura familiar. Expondo há dez anos na feira, o morador de Mato Leitão Moisés de Borba, de 43 anos, leva até o local as plantas de nome rosas-do-deserto. “São plantas que florescem entre outubro e abril. Gostam de sol e água. A orientação é que, no inverno, fique em um lugar reservado longe do frio, chuva ou geada.”

LEIA MAIS: Ações educativas de prevenção contra Covid-19 na Expointer vão envolver o público

No ano passado, com o formato drive-thru na Expointer, Moisés disse que as vendas não foram boas. “Desta vez estamos acima das expectativas. O fim de semana foi bom e vem mais o feriado que deve trazer vendas. A rosa-do-deserto é uma flor que tem tido uma boa aceitação por parte do público.”

Moisés de Borba, de 43 anos, leva até o local as plantas de nome rosas-do-deserto | Foto: Alencar da Rosa

SAIBA MAIS

Os portões de acesso ao Parque de Exposições Assis Brasil ficam abertos das 8 às 19h30. Todas atividades funcionam até as 23 horas. Os ingressos são vendidos por meio do site oficial da Expointer, mediante o preenchimento de formulário elaborado pelo Centro Estadual de Vigilância em Saúde (CEVS). Todos são obrigados a usar máscara e passam por uma triagem na entrada do parque, com medição de temperatura. O público não precisa comprovar vacinação contra a Covid-19 nem apresentar teste negativo para participar do evento. Os profissionais que trabalham no parque, no entanto, precisam apresentar exame negativo de RT-PCR ou Antígeno feito no máximo 72 horas antes do primeiro acesso ao local.

Colaborou a repórter Caroline Garske

LEIA MAIS: Expointer 2021 terá limite de até 15 mil visitantes por dia

Aviso de cookies

Nós utilizamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdos de seu interesse. Para saber mais, consulte a nossa Política de Privacidade.